1 a cada 6 pessoas no mundo terá um AVC durante a sua vida

O AVC é a principal causa de incapacidade no mundo. A cada 5 minutos um brasileiro morre em decorrência do AVC, contabilizando mais de 100 mil mortes por ano. Estima-se que 17 milhões de AVCs afetem as pessoas em todo o mundo, causando mudanças imediatas e devastadoras na vida daqueles que sofrem o AVC e das pessoas mais próximas a eles. A Campanha Mundial de AVC trabalha para aumentar a conscientização da população, aumentar a prevenção do AVC e melhorar o tratamento e a reabilitação para tornar a vida melhor para os sobreviventes desta doença.

Por esses relevantes motivos, a Rede Brasil AVC propõe que sejam realizadas ações de promoção, mobilização e divulgação do Dia Mundial de Combate ao AVC nas principais capitais do país, através de suas Secretarias e Conselhos Estaduais e Municipais de Saúde, a realizar-se no dia 29 de outubro de 2015.

É importante destacar que a ação pode ser realizada de modo que o município não necessite investir recurso além do que já dispõe, levando em consideração os profissionais de saúde existentes no quadro e a experiência de realizar ações extra-muro, como feiras de saúde e mutirões, onde podem ser realizadas ações de:

 

  • • Aferição de pressão arterial, peso e altura
  • • Medição de circunferência abdominal
  • • Orientações para reconhecer sinais e sintomas do AVC
  • • Verificação da Glicemia Capilar
  • • Orientação Nutricional
  • • Informações de Combate ao Fumo
  • • Orientações para realização de Atividade Física
  • • Orientações aos portadores de sequela do AVC
  • • Avaliação de risco ao AVC através de um aplicativo que será disponibilizado pela Rede Brasil AVC

Em apenas 1 turno do dia 29 de outubro, juntos e unidos podemos chamar a atenção da comunidade no que se refere ao conhecimento sobre os sinais e sintomas do AVC e importância de combatê-lo.

Profissionais que podem ser envolvidos:

  • • UBS/USF e Serviço Social
  • • Especialidades Médicas
  • • Estudante da área de saúde
  • Nutricionistas
  • • Educadores Físicos
  • • NASF / Academia da Saúde
  • • Demais colaboradores em potencial

A Rede Brasil AVC acredita que é estratégica a assunção dessa bandeira uma vez que estamos caminhando no sentido de implementar a linha de cuidado do AVC em todo país. Trabalhar com fomento à promoção à saúde e a prevenção de agravos constitui-se, por si só, um compromisso com as pessoas, com os gestores e com a melhoria dos indicadores de saúde, principalmente um dos que mais causam óbitos no país, o AVC.

Histórico das Ações

Em 2010, no Dia Mundial do AVC, 29 de outubro, a Organização Mundial de AVC (World Stroke Organization – WSO) lançou a campanha “1 em 6”. O tema foi escolhido porque, estatisticamente, 1 a cada 6 pessoas no mundo terá um AVC durante a sua vida. Desde então as campanhas focam na educação sobre fatores de risco, sinais de alerta e a urgência do tratamento do AVC.

Em 2012, foi adicionado à campanha um novo slogan: “AVC: eu me importo” enfatizando a importância do cuidado pós AVC, da família, dos cuidadores e das associações de suporte aos pacientes.

Também em 2012 foi lançado pela Organização Mundial de AVC o Símbolo Solidário do AVC (Stroke Solidarity Symbol), um símbolo mundial que une a comunidade global na luta contra o AVC. O símbolo é uma cordinha azul índigo (que é a cor do AVC), utilizada amarrada no pulso como uma pulseira. A corda azul simboliza a ligação entre todas as pessoas sensibilizadas pelo AVC, o fluxo de sangue e a função saudável do cérebro e do corpo.

O símbolo do AVC poderá ser adquirido pelo valor de R$ 8,00 através da internet. Esta renda em todo o mundo tem sido usada nas campanhas de conscientização da população e no suporte às associações de pacientes.

Em 2014 foi acrescentado um importante foco na campanha que segue o tema da campanha de 2015: “Eu sou mulher: o AVC me afeta” (I am Woman: stroke affects me). A Campanha “I am Woman” reforça o fato de que, enquanto o AVC não discrimina entre os sexos, as mulheres estão em maior risco de morrer por AVC, recebem menos cuidado e, em muitos casos, são o principal cuidador do marido, pai, filho ou filha afetados.

Ainda em 2014 foi lançado o Documento de Direitos dos Pacientes com AVC, um documento elaborado pela World Stroke Organization em parceria com as Associações de Pacientes ao redor do Mundo, incluindo o Brasil. Este documento estará disponível para a campanha.

Em 2015 será lançada a proclamação do Dia Mundial sobre o AVC e as demências potencialmente evitáveis, explicando que o AVC é uma causa potencialmente evitável de demência se o AVC for prevenido e se for tratado rapidamente.

O Aplicativo “AVC BRASIL!”

Além de diversas ações de mobilização popular e conscientização de mídia sobre o AVC, que estarão ocorrendo simultaneamente em vários estados do Brasil no dia 29 de outubro, a Rede Brasil AVC também fará o lançamento do aplicativo “AVC BRASIL”, que poderá ser baixado gratuitamente nas lojas virtuais dos sistemas Android e IOS.

O AVC BRASIL, aplicativo que lançaremos no Dia Mundial do AVC (29/10), tem por finalidade alertar as pessoas e facilitar o acesso delas o mais rápido possível a um local de atendimento especializado. Ao baixar o aplicativo “AVC Urgência”, a pessoa visualizará algumas ilustrações, mostrando os principais sintomas que apontam para o diagnóstico de AVC, tais como boca torta, dificuldade de falar e dificuldade para levantar os braços.

Também terá acesso a uma relação de unidades de atendimento ao AVC em sua região geográfica, com filtro de endereço por geolocalização, apontando a unidade mais próxima de onde ela se encontra. Neste aplicativo, em todas as telas apresentadas, estarão visíveis para acionamento três botões de ligação telefônica instantânea: a pessoa poderá ligar para o SAMU 192, um “Número Amigo” cadastrado previamente ou para um serviço de taxi. O aplicativo também vai trazer informações sobre vida saudável, boas práticas que diminuem os ricos de AVC.

Ao verificar os primeiros sintomas do AVC, a velocidade no atendimento é fator determinante, pois quanto mais rápido o paciente for socorrido de forma adequada, maior a possibilidade de prognóstico favorável. No AVC, o atendimento rápido e adequado evita que o cérebro sofra maiores danos e representa toda a diferença entre viver ou morrer.

<-Voltar