Abraço ao redor da Casa de Direitos Humanos marca Dia Internacional da Mulher

Ações da SEDESE incluem também Seminário “Maria da Penha Vai às Escolas” e apresentação musical

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social promoverá várias ações para marcar o Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta sexta-feira, 8 de março. No Centro de Belo Horizonte, diversos servidores participarão de um abraço simbólico ao redor da Casa de Direitos Humanos. Na Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores de Minas Gerais (Magistra) será realizado o I Seminário “Maria da Penha Vai às Escolas”. Já na Cidade Administrativa as mulheres serão homenageadas com uma apresentação musical da Banda da Polícia Militar (confira, abaixo, os endereços das ações).

O abraço será realizado na Casa de Direitos Humanos, espaço recentemente inaugurado pelo governo de Minas, uma vez que no local estão reunidos vários serviços do governo voltados à proteção dos direitos das mulheres. No espaço funcionam o Centro Integrado de Atendimento à Mulher (CIM), o Centro Risoleta Neves de Atendimento à Mulher, o Núcleo de Atendimento às Vítimas de Crimes Violentos (NAVCV), o Conselho Estadual da Mulher, entre outros.

A subsecretária de Direitos Humanos, Carmen Rocha, destacou que o dia da mulher deve ser lembrado pelo princípio da igualdade entre homens e mulheres. “Esse direito, expresso na Constituição Federal, deve ser respeitado de maneira permanente por toda a sociedade. Apesar dos grandes avanços que nós mulheres conquistamos ao longo das últimas décadas, ainda temos desafios a enfrentar, como erradicar a violência contra a mulher, objeto de permanentes ações do governo e da sociedade civil”, afirmou.

Seminário

O I Seminário “Maria da Penha Vai às Escolas” é destinado aos educadores da rede pública estadual de Minas Gerais. “Nosso objetivo é divulgar e difundir a Lei Maria da Penha junto aos 100 educadores que irão participar do Seminário, para que eles trabalhem com os alunos a importância do combate a todas às praticas de violência doméstica e intrafamiliar contra a mulher, por meio do gibi “As Marias em: Maria da Penha vai às escolas”, por entendermos que o papel da educação é primordial no enfrentamento desse desafio”, pontuou Carmen Rocha.

Lançada em agosto de 2012, a campanha “Maria da Penha vai às Escolas”, iniciativa realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE), alcançou mais de 40 mil estudantes em 52 municípios mineiros e espera chegar, gradativamente, nos próximos anos, aos mais de 3 milhões de alunos.

O gibi (material didático que aborda, de maneira lúdica, a questão da violência doméstica e intrafamiliar sofrida pelas mulheres) conta a história de uma professora que resolveu levar a Lei Maria da Penha para dentro da sala de aula. Com uma linguagem leve e criativa, o material informa sobre os tipos de violência e as punições. Além disso, o livro conta com um caça-palavras que desperta a atenção dos estudantes para temas como igualdade, respeito, entre outros.

Denúncias

Em 2012, o Disque Direitos Humanos da SEDESE (0800 031 11 19) recebeu 166 relatos de crimes contra mulheres.  Desse total, 147 foram para denunciar crime de agressão e maus-tratos. As denúncias são encaminhadas para conselhos e delegacias especializadas. Em alguns casos, dependendo da gravidade e urgência, até mesmo a Polícia Militar pode ser acionada. O Disque Direitos Humanos funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h.

Fernanda Toussaint
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (SEDESE/MG)
Contato (31) 3916 8235

Serviço:

• Abraço simbólico ao redor da Casa de Direitos Humanos

Local: Casa de Direitos Humanos – Avenida Amazonas nº 560, Centro, Belo Horizonte

Horário: 10h

• I Seminário “Maria da Penha Vai as Escolas

Local: Escola Magistra – Avenida Amazonas nº 5855, Bloco B, Belo Horizonte/MG

Horário: das 8h às 17h

• Homenagem às mulheres com apresentação musical da Banda da Polícia Militar

Local: Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Horário: das 12h às 13h

Foto: Internet

<-Voltar