Alagoas – Vigilância Sanitária Estadual alerta sobre golpe contra farmácias

Estelionatários se passam por fiscais da Anvisa para extorquir estabelecimentos

A Vigilância Sanitária Estadual alerta sobre um novo golpe que tem preocupado os empresários do setor farmacêutico em Maceió. Isso porque, estelionatários estão ligando para proprietários de farmácias, identificando-se com fiscal ou procurador da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e informando que o estabelecimento está com um débito, geralmente no valor de R$ 10 mil a R$ 12 mil.

Durante a ligação, ainda de acordo com a direção da Vigilância Sanitária Estadual, os estelionatários também afirmam que a dívida pode ser sanada através de um pagamento de mil reais. Uma informação que, segundo o diretor da Vigilância Sanitária Estadual, Paulo Bezerra, não procede e não possui nenhum amparo legal.

“Em hipótese alguma a Anvisa realiza cobranças vias telefone. Qualquer taxa ou imposto relativo a qualquer atividade no âmbito federal são pagos exclusivamente através de uma Guia de Recolhimento da União (GRU)”, esclarece Paulo Bezerra.

Ainda de acordo com o diretor da Vigilância Sanitária Estadual, “qualquer débito junto à Anvisa será cobrado através de uma notificação administrativa recebida por meio do serviço postal. Neste documento estão as instruções para quitação do débito”, salienta.

Para maiores informações, basta entrar em contato com a Central de Atendimento da Anvisa, por meio do telefone 0800 642 9782. A Central de Atendimento funciona de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 7h30 às 19h30, sendo a ligação gratuita para todo o Brasil. Também é possível contatar a Anvisa por meio da Ouvidoria.

Para consultar a situação da farmácia, http://www7.anvisa.gov.br/datavisa/Autorizacao_farmacia/Consulta_Empresa_Drogaria.asp


Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde de AL
Contatos Redação – (82) 3315.1118 / 8833.4174 / 8833.4114

Acesse o nosso Portal:
www.saude.al.gov.br

<-Voltar