CNS presta homenagem aos 35 anos do CONASS e ao ex-ministro Adib Jatene

Por unanimidade, o Plenário do Conselho Nacional de Saúde (CNS) aprovou, nesta quinta-feira (11), Moção de Reconhecimento e Aplauso ao Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e ao ex-ministro da Saúde Adib Jatene pelos serviços prestados ao Sistema Único de Saúde. A moção foi aprovada durante a 293ª Reunião Ordinária do CNS, como parte de homenagem aos 35 anos do CONASS.

O CONASS foi criado em fevereiro de 1982 e teve como primeiro presidente o cardiologista Adib Jatene, falecido em novembro de 2014. Durante a homenagem desta quinta-feira, o presidente do CNS, Ronald Santos, destacou que, historicamente, o CONASS é parceiro de primeira hora na defesa do SUS e do direito à saúde.

Ronald Santos disse que o ex-ministro Jatene deixou um grande legado profissional e humano. “Não poderíamos deixar passar a oportunidade de, no momento em que vários retrocessos estão acontecendo no país, no momento em que a Constituição Federal está sendo rasgada, prestar uma homenagem a um homem que foi fundamental para a construção do SUS, o maior avanço civilizatório já verificado no país”, afirmou.

O presidente do CNS homenageou, também, o conselheiro nacional de Saúde Jurandi Frutuoso, membro da Mesa Diretora do CNS e ex-presidente do CONASS, por “marchar sempre com o Conselho Nacional de Saúde na defesa do direito à saúde”.

Durante a homenagem, o conselheiro nacional de Saúde Haroldo Jorge Pontes representante do CONASS no CNS, exibiu o documentário “Dr. Adib Jatene, um especialista em gente”. O vídeo conta a trajetória do cardiologista acreano que foi ministro da Saúde, secretário de Saúde do Estado de São Paulo, cirurgião, pesquisador e professor. O documentário lembra, entre outros fatores, o caráter humanista da atuação de Jatene.

Na sequência, o conselheiro Haroldo fez uma apresentação sobre a história do CONASS e seu trabalho voltado ao fortalecimento das secretarias estaduais de Saúde. Em mais de três décadas, segundo o conselheiro, o CONASS testemunhou o nascimento do SUS e alavancou projetos importantes para a saúde pública brasileira.

A Reunião Ordinária do CNS contou com a presença do secretário de Saúde do Distrito Federal, Humberto Fonseca, vice-presidente do CONASS. Ele agradeceu a homenagem e destacou que “a história do SUS se mistura à história do CONASS e do ex-ministro Adib Jatene”.

Assessoria CNS

<-Voltar