CONASS debate Alternativas de Gerências de Unidades Públicas

Sob a coordenação da assessora técnica Lourdes Almeida, a Câmara Técnica de Gestão e Financiamento do CONASS (CTGF), debateu hoje (06), com técnicos das Secretarias Estaduais de Saúde, Alternativas de Gerências de Unidades Públicas de Saúde.

Lourdes Almeida ressaltou a importância do tema, uma vez que os secretários estaduais de saúde solicitaram à Assessoria Técnica do CONASS, que se aprofundasse na discussão do assunto a fim de apresentar propostas concretas para os estados.

Para fomentar o debate, a reunião contou com a presença das consultoras do CONASS, Valéria Alpino Bigonha e Lenir Santos.

Bigonha apresentou dados sobre a situação dos estados que utilizam alternativas de gerência para gerir serviços públicos em saúde, como os consórcios públicos, as fundações estatais, as organizações sociais etc.

Lenir Santos por sua vez, observou que esse é um tema central na saúde pública brasileira. “Nós temos que discutir quais são os serviços de saúde que permitem ser geridos por alternativas de gerência. É fundamental estabelecer esses critérios, caso contrário vamos continuar sem avançar nessa questão”, disse.

A Câmara Técnica de Gestão e Financiamento do CONASS continua amanhã (07), com a discussão sobre o Contrato Organizativo de Ações Públicas (Coap), sobre o Planejamento Geral das Ações e Serviços de Saúde (PGAS) e sobre o financiamento da Saúde.

<-Voltar