Conass debate atenção ambulatorial especializada

O Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass) promoveu na última quinta (06) um debate sobre a atenção ambulatorial especializada na perspectiva das redes de atenção à saúde, composto nos níveis de atenção básica, média e alta complexidade. Um dos pontos defendidos foi o modelo de estruturação dessa rede especializada, de forma coordenada entre os cuidados especializados e a atenção primária, isso porque o acesso aos médicos especialistas é mais restrito e realizado num ambiente de regulação, e também as opções terapêuticas serão feitas por meio de um plano de cuidado interdisciplinar a ser acompanhado na atenção primária. As experiências dos municípios de Maringá (PR), Tauá (CE) e Santo Antônio do Monte (MG) foram citadas como exemplo.

As fotos estão no https://www.flickr.com/photos/conass/sets/72157656880271371

As apresentações estão disponíveis em: http://pt.slideshare.net/CONASS

Por: Hulda Rode, Jornalista e Blogueira do Alta Complexidade: www.altacomplexidade.com

<-Voltar