CONASS debate propostas para as Conferências regionais sobre Determinantes Sociais da Saúde

Com intuito de aprimorar as conferências regionais sobre Determinantes Sociais da Saúde na região Nordeste do país, o comitê das Conferências e do Portal sobre Determinantes Sociais da Saúde (DSS), esteve hoje (12), na sede do CONASS em Brasília, para debater  propostas, políticas e programas de combate às iniquidades em saúde por meio da ação sobre os DSS.

“A proposta que vamos discutir das conferências regionais busca aproveitar o momento político, o momento em que o governo está tratando da desigualdade, do desenvolvimento sustentável, entre outras políticas de saúde”, disse o Alberto Pellegrini, Diretor do Centro de Estudos, Políticas e Informação em Determinantes Sociais da Saúde (CEPI-DSS) da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fiocruz.

As conferências regionais são uma iniciativa do CEPI-DSS em parceria com a Fiocruz, com o Ministério da Saúde, o Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS), o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

Segundo Pellegrini, as macro-regiões brasileiras são bastante diferentes entre si, mas relativamente homogêneas com relação aos DSS e seus resultados em saúde, o que explica a escolha da região Nordeste para sediar o evento. “Queremos analisar a situação regional de saúde e das políticas e programas em curso para o combate às iniquidades e elaborar propostas baseadas nas recomendações da Comissão Nacional sobre DSS”, falou.

Para integrante do comitê das conferências, Eduarda Lessa, a reunião foi importante para elaborar propostas para organização do evento. “Definimos diversas propostas sobre a organização do evento, sobre os parceiros que irão contribuir com orçamento e definimos a data, que serão nos dias 14, 15 e 16 de agosto de 2013, em Recife”, comentou.

As conferências, que acontecerão em Recife, devem contar com a participação de tomadores de decisão e gestores das várias esferas da administração pública, além de especialistas, profissionais e representantes de organizações da sociedade civil.

Ascom/CONASS

<-Voltar