CONASS promove debate sobre a situação dos médicos no Brasil

Mozart Salles (MS) e Florentino Cardoso (AMB) debateram o tema com os secretários de Saúde de todo o Brasil durante assembleia do CONASS nesta quarta-feira

 

A questão do número de médicos no Brasil vem preocupando os gestores do SUS e provocando ações e medidas que visam solucionar a carência destes profissionais nas áreas mais remotas do país, assim como nas periferias das grandes cidades brasileiras. Tendo em vista a relevância do tema, a assembleia do CONASS recebeu nesta quarta-feira (20), o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, Mozart Salles, e o presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Florentino Cardoso, para debate com os secretários a respeito do assunto.

Confira as apresentações

Mozart Salles apresentou a demografia e o mercado de trabalho médico no Brasil e expôs dados dos programas do Ministério da Saúde que estimulam a melhor formação desses profissionais e a fixação em áreas de maior carência, como o Programa de Valorização dos Profissionais da Atenção Básica (Provab) e o Pró- Residência.

O secretário falou ainda sobre as contribuições que os médicos imigrantes podem oferecer ao país e sobre a criação do segundo ciclo do curso de medicina. Segundo explicou, o curso será dividido em dois ciclos distintos e complementares entre si, sendo o primeiro ciclo dedicado à observância das Diretrizes Curriculares Nacionais, com o cumprimento da carga horária não inferior a 7.200 horas, mantendo os seis anos atuais, e o segundo ciclo dedicado ao treinamento em serviço, exclusivamente no atendimento à atenção básica à saúde no âmbito do SUS.

Florentino Cardoso, presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), reforçou a importância da avaliação de todos os egressos no curso de Medicina para que seja possível identificar as faculdades que não oferecem ensino de qualidade.

Cardoso falou também sobre a importância da qualificação da Atenção Primária à Saúde que, segundo classificou, é a parte mais importante de qualquer sistema de saúde.

Após as apresentações os secretários seguiram para uma audiência com o presidente da Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal, senador Waldemir Moka para debater a questão e o financiamento da saúde.

 

Assessoria de Comunicação Social

(61) 3222 3000 / 9609 8365 / 9696 4675

ascom@conass.org.br

<-Voltar