Debate digital – 07/05 – Desafios no mercado de trabalho em saúde em tempos de pandemia

A emergência da Covid-19 evidencia as desigualdades regionais na oferta de leitos de UTI da rede pública como também a escassez de recursos humanos nos serviços públicos de saúde. As secretarias estaduais e municipais de Saúde não conseguem preencher as vagas emergenciais oferecidas para médicos, fisioterapeutas respiratórios e profisionais da Enfermagem, dificultando a abertura de novos leitos para o tratamento da Covid-19. Neste momento de emergência, a disputa por profissionais de saúde entre o setor público e o setor privado fica ainda mais acirrada.

Diante dos desafíos postos pela Covid-19, temas relevantes ganham destaque na agenda política e técnica dos países, como a importância da regulação do mercado de trabalho e da formação profissional, especialmente, em sistemas de saúde com acesso universal à população. Também emergem reflexões sobre o modelo brasileiro de autorregulação do mercado de trabalho e alternativas que possam ser adotadas pelo setor público, como a revisão de escopos de práticas para a Enfermagem.

Este tema será discutido no debate virtual Desafios no mercado de trabalho em saúde em tempos de pandemia que ocorre na próxima quinta-feira (07/05), às 16h, com a participação dos seguintes convidados:

  • Ana Maria Malik, coordenadora do GV Saúde e professora da Fundação Getúlio Vargas (FGV);
  • Mónica Padilla, coordenadora da Unidade Técnica de Capacidades Humanas para a Saúde da OPAS/OMS no Brasil;
  • Mario Dal Poz, professor titular da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

A moderação será realizada pelo diretor-executivo do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IESP), Miguel Lago.

O debate será transmitido pelo Portal a Inovação na Gestão do SUS no endereço www.apsredes.org e no Facebook @inovacaoemsaude. Os participantes podem enviar perguntas para www.apsredes.org/participe no dia do debate.

Fonte: APS Redes

<-Voltar