É importante doar sangue no período de férias

Este período de férias, os estoques de sangue diminuem bastante. De acordo com dados da Coordenação-Geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, a redução chega a ser de 20% a 25%. Por isso, é importante lembrar de doar sangue antes de sair de férias.

Uma simples doação pode ajudar no mínimo quatro pessoas, como relata a coordenadora do hemonúcleo do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), Graça Fonseca. “É ter um ato de cidadania. Tem que partir de um adulto, de uma consciência adulta, de saber que outro precisa de uma coisa que não pode ser produzida, nem fabricada. Uma bolsa doada em uma unidade de bolsas de um doador é fracionada em vários hemocompontentes: plaqueta, hemácia, plasma e crio. Pelo menos quatro hemocomponentes são armazenados nos hemonúcleos. Cada um pode ir para uma pessoa diferente. Então é uma coisa que pode ser multiplicada ‘n’ vezes. Você pode favorecer ‘n’ pessoas dependendo da necessidade”, explica a coordenadora.

O estudante universitário Leandro Caldas é doador desde os 18 anos e fala da importância do gesto. “É um gesto de solidariedade. É um ato de salvar uma vida. É muito importante, eu também acho que é muito gratificante, muito satisfatório você saber que você está podendo ajudar alguém. Eu acredito que é um gesto de cidadania e eu me sinto muito bem depois que eu doo sangue, como se fosse um dever cumprido”, relata.


Fonte: Alexandre Penido / Web Rádio Saúde/Agência Saúde

<-Voltar