ANS amplia Espaço Você Saudável voltado à qualidade de vida, em parceria com o CONASS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) amplia o Espaço Você Saudável no portal da instituição trazendo mais informações sobre saúde, prevenção, bem-estar e qualidade de vida. Entre as principais novidades, há orientações para toda a família sobre o nascer saudável, mostrando as várias etapas do desenvolvimento do bebê, e sobre prevenção e controle do uso de álcool e drogas.

Resultado da cooperação técnica entre a ANS e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), o objetivo do Espaço Você Saudável é despertar nas pessoas mudanças de comportamento que tenham impacto direto na melhoria da qualidade de vida. É fácil consultar no novo portal as dicas de especialistas sobre alimentação, atividade física, fatores de risco e envelhecimento saudável.

Alerta sobre partos prematuros e o desenvolvimento do bebê são alguns dos temas abordados sobre o nascer saudável. Para isso, o portal conta com o intercâmbio de informações com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) por meio de iniciativas como a “Enciclopédia da Primeira Infância” e  a “Estratégia Brasileirinhas e Brasileirinhos Saudáveis”.

Outra parceria é com a Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV). Assuntos relacionados à prevenção e controle do uso de álcool e drogas também ganham espaço no Você Saudável, com orientações úteis sobre as consequências do uso prolongado destas substâncias para o organismo.

É possível consultar ainda na área de Troca de Experiências os principais materiais produzidos pelas operadoras de planos de saúde relacionados às ações de promoção da saúde e prevenção de doenças. Desde 2005, a ANS estimula as operadoras de planos de saúde para a implementação desses programas com monitoramento periódico dos resultados obtidos por esta iniciativa.

Especialmente a partir de 2011, com a publicação das Resoluções Normativas nº 264 e 265 da ANS – que incentivam a criação pelas operadoras de programas voltados à promoção da saúde e prevenção de doenças -, houve um incremento do número desses programas inscritos na Agência. Os resultados são bastante expressivos: diminuição da taxa de internação por doenças crônicas e da exposição a fatores de risco, como inatividade física, alimentação inadequada e tabagismo.

 

Acesse ao portal em http://apsredes.org/site2013/vocesaudavel/.

 

Fonte: ANS

<-Voltar