Gestores da SES participam de reunião técnica com gerente do Conecta SUS

Os gestores da Secretaria de Estado da Saúde (SES) participam nesta quinta, 13, e sexta-feira, 14, de reunião técnica sobre o Conecta SUS, um Centro de Informações e Decisões Estratégicas que tem como objetivo conectar os diferentes níveis técnicos e gerenciais, permitindo trocar informações, planejar, monitorar, avaliar e desencadear operações em saúde. A reunião está sendo dirigida por Gean Pierre, gerente do Conecta SUS de Goiás, estado que desenvolveu o sistema que será trazido a Sergipe, por meio de termo de cooperação técnica. A reunião técnica está acontecendo no auditório do Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha.

Durante os dois dias, os gestores da Saúde de Sergipe irão conhecer o funcionamento do Conecta SUS e seu trabalho de levantar dados relacionados à área da saúde dos municípios, analisá-los e transformá-los em informação, subsidiando os gestores municipais e do estado na tomada de decisões mais assertivas. Por sua vez, Gean Pierre também irá conhecer como a SES trabalha com dados e informações para, a partir daí, orientar e reformatar a forma de atuação das áreas técnicas da secretaria e, mais particularmente, da Gerência de Informações e Estatísticas.

“Hoje a gente vai apresentar o Conecta SUS para os colegas de Sergipe e eles vão conhecer um pouquinho do que nós fazemos, do que já está pronto, do que nós estamos entregando agora para o estado de Goiás que é o primeiro sistema de inteligência criado por uma Secretaria de Estado da Saúde, e a partir daí vamos discutir hoje e amanhã de que modo iremos trazer toda essa experiência, todos os nossos sistemas para Sergipe, sem custos”, informou o técnico do estado parceiro.

Para a gerente do Núcleo de Informações e Estatísticas da Secretaria de Saúde de Sergipe, Eliane Nascimento, o dia de hoje é muito representativo, considerando ser esta reunião técnica o princípio da construção aqui no estado do Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde. A expectativa é que estes dois dias sejam de muito trabalho.

“A partir deste termo de cooperação nós vamos avançar no trabalho de coleta e análise de dados porque teremos ferramentas atualizadas e profissionais capacitados. Com isso, vamos oferecer informações mais qualificadas e isso nos deixa muito felizes”, disse.

 

Êxito

Geran Pierre afirmou que o Conecta é uma experiência exitosa e adiantou que a partir do ano que vem um dos seus sistemas, o de monitoramento do combate ao mosquito Aedes Aegypti, será cedido ao Ministério da Saúde para que seja utilizado em todo país.

“Foi uma experiência que nós desenvolvemos na Secretaria de Estado da Saúde de Goiás mais avançada. Atualmente, o MS, para analisar a situação do Aedes no país, utiliza um sistema com quatro parâmetros. O nosso já analisamos em 12. Então, quando o ministério conheceu nosso sistema, a forma de trabalho do estado de Goiás, admitiu querê-lo e nós o estamos cedendo a partir do ano que vem, para que ele possa ser aplicado em todo país”, realçou.

De acordo com Jean Pierre, o Conecta SUS trabalha com mais de 300 indicadores que estão disponíveis na internet para que gestores, população, órgãos fiscalizadores e de controle possam ter acesso a eles e conhecerem a situação e saúde de cada município goiano.

A solenidade de abertura da reunião técnica contou com a presença dos diretores de Atenção Integral à Saúde (Dais), João Lima Júnior; de Vigilância à Saúde, Mércia Feitosa; e de Tecnologia da Informação, Luiz Claudio Silva, que reforçaram em suas falas a importância do Conecta SUS para Sergipe.

Fonte: Ascom SES/SE

<-Voltar