Goiás – Rede Hugo, AMEs e Credeq são prioridades do novo secretário da saúde

Implantar a Rede Hugo e construir os Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) e os Centros de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeqs). Estas são as prioridades do novo secretário de Estado da Saúde – Halim Antonio Girade, que assumiu a pasta em substituição a Antonio Faleiros, que deixou o cargo para disputar uma cadeira no Congresso Nacional.

Em coletiva à imprensa, na tarde desta quinta-feira, 2 de janeiro, o secretário Halim Girade explicou que a implantação da Rede Hugo exige a conclusão do novo Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo 2) e dos hospitais de Uruaçu, Santo Antônio do Descoberto e Águas Lindas. O Hugo 2, localizado na região noroeste da capital, está com as obras em andamento e deve ser concluído e entregue à população, totalmente equipado e pronto para funcionar, já no primeiro semestre deste ano. Os demais hospitais precisam ser concluídos e as obras, segundo o secretário, serão iniciadas em fevereiro, com expectativa de conclusão até novembro deste ano.

Os Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) vão “evitar deslocamentos para a capital e fortalecer o atendimento no interior”, nas palavras de Halim Girade. Os AMEs são centros de diagnóstico e orientação terapêutica, que reúnem aproximadamente 20 especialidades, como urologia, cardiologia, oncologia, endocrinologia e dermatologia, entre outras. Os AMEs estão em fase de licitação e serão construídos, em parceria com as prefeituras, nos municípios de Formosa, Goianésia, Posse, Cidade de Goiás, Quirinópolis, São Luís de Montes Belos, Catalão, Iporá e Trindade e vão atender também os moradores das cidades adjacentes.

Os Centros de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeqs) também serão prioridade da gestão de Halim Girade. A unidade de Aparecida de Goiânia já está em construção e as demais – que serão erguidas em quatro cidades estratégicas de Goiás –  devem ser iniciadas este ano.

A sedimentação do modelo de administração, em parceria com as Organizações Sociais (OSs), também integra a lista de prioridades do novo secretário. Para ele, “o modelo é um sucesso, mas é algo novo, que precisa ser consolidado”. Ele lembrou que a gestão por OSs “independe de partido político” e é uma realidade em administrações do PT e do PSDB. 

Garantir que a Central de Medicamentos de Alto Custo Juarez Barbosa (CMAC) continue 100% abastecida é outra meta do secretário, que pretende ampliar o programa e fazer com que os pacientes recebam os medicamentos em casa. “Os desafios são muitos mas todos podem ser executados”, afirmou.

Transmissão
Antes de falar com a imprensa, o secretário Halim Girade participou de solenidade de transmissão do cargo, na sede da Secretaria de Estado da Saúde, no Parque Santa Cruz, em Goiânia. O antecessor, Antonio Faleiros, falou rapidamente sobre o extenso currículo do novo secretário e valorizou a amizade de longos anos. Ele também agradeceu a todos os servidores, com especial atenção aos superintendentes da SES, pelo trabalho e dedicação.  Ao se despedir da pasta, Faleiros afirmou que o saldo era positivo e que deixava a secretaria em boas mãos.

Em seu primeiro pronunciamento como secretário, Halim Girade se colocou na condição de “servidor público” e disse que, para administrar uma pasta tão complexa quanto a Saúde, é preciso ter “sensibilidade, planejamento, ação e gestão”. Ele se definiu como “médico de roça” e contou aos presentes que sempre gostou de trabalhar onde fosse mais necessário. A todos que prestigiaram a solenidade ele desejou saúde, prosperidade e paz e aproveitou para mandar reforçar que “ninguém faz nada sozinho”. Na oportunidade, Halim Girade pediu o apoio da Sefaz, da Controladoria e da Procuradoria Geral do Estado.

A solenidade de transmissão do cargo foi bastante prestigiada. Entre superintendentes, gerentes, coordenadores, diretores de unidade, representantes de organizações sociais e colaboradores em geral, estavam até ex-secretários de saúde, que foram homenageados no fim do ano, com a inauguração de uma galeria de fotos.

Estiveram presentes, entre outros: o secretário de Estado da Fazenda (José Taveira Rocha), o deputado federal e representante do governador Marconi Perillo na ocasião (Wilmar Rocha), o vice-presidente da Assembleia Legislativa (deputado estadual Hélio de Sousa), o ex-secretário de Estado da Casa Civil e ex-secretário de Segurança Pública e Justiça (professor Jônathas Silva), o atual reitor da UFG (professor doutor Edward Madureira), o próximo reitor da UFG (professor doutor Orlando Amaral), o reitor da UniEvangélica (Dr. Carlos Mendes), o Presidente da Agecom (Orion Andrade), Presidente do Conselho Estadual de Saúde (Venerando de Jesus), Diretor Geral da Santa Casa de Misericórdia de Goiânia (Padre Éverson), os promotores de Justiça do Ministério Público Estadual Marcelo Celestino e Érico de Pina, representando a Controladoria Geral do Estado (André Goes), o Procurador-geral do Estado (Alexandre Tocantins), representando a FASA (Fundação de Assistência Social de Anápolis) Irmã Rita Cecília Coelho, a ex-secretária de Estado da Saúde (Irani Ribeiro), o secretário de Saúde de Goiânia (Fernando Machado), o ex-secretário e médico Nabyh Salum, o secretário de Saúde de Aparecida de Goiânia (Paulo Rassi), o presidente do Sindicato dos Médicos do Estado de Goiás (Simego) Leonardo Borges, o Diretor do Idtech (José Claudio) e a representante do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems) Lucélia Borges.

<-Voltar