Governo realiza II Seminário de Educação Permanente em Saúde

Foto: Ascom SES/AC

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) promove em Rio Branco, o II Seminário Estadual de Educação Permanente em Saúde: fortalecendo o processo de trabalho em saúde. O evento que teve início nesta terça-feira, 19, segue também na quarta-feira, dia 20, das 8 às 18 horas, no Hotel Nobile Suítes, localizado na Avenida Ceará, em Rio Branco.

Durante a abertura do seminário, o secretário estadual de saúde, Rui Arruda, destacou o compromisso da pasta em promover educação permanente aos servidores que atuam nas unidades de saúde, e a importância da constante atualização desses profissionais para a evolução da assistência à saúde.

“A saúde não é feita de estruturas, prédios ou equipamentos. Ela é feita de pessoas. Esse é o investimento primordial que deve ser feito. Qualificação e valorização do conhecimento, ganha o SUS e, principalmente, a sociedade, que tem a garantia de um atendimento humanizado por servidores qualificados.  Com este propósito, pensando no bem-comum, na qualidade dos serviços que vamos prestar à população, estamos hoje aqui”, reforça Arruda.

O evento, organizado pelo Departamento de Ensino, Pesquisa, Ciência e Tecnologia da Sesacre em parceria com a Secretaria Adjunta de Atenção à Saúde, é voltado para gestores, profissionais de saúde e instituições de ensino e pesquisa do Acre. A realização do seminário faz parte do processo de atualização do Plano Estadual de Educação Permanente em Saúde, com apoio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

“A educação permanente visa uma aprendizagem de trabalho, que o profissional possa se desenvolver a partir de suas necessidades de trabalho. É uma educação com significação, ou seja, ele aprende para algo e não simplesmente para fazer um curso qualquer. O objetivo é melhorar a assistência e a qualidade de vida das pessoas. A educação permanente depende muito do servidor, da busca dele em querer melhorar, além do comprometimento da gestão em querer fazer educação permanente em saúde”, pontua a coordenadora do Departamento de Pesquisa da Sesacre, Patrícia Moura.

Para a coordenadora do Núcleo de Educação Permanente do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), Mônica Silvana Maia, a presença de gestores e profissionais para discutir os desafios do SUS representa uma oportunidade única para o aumento da integração entre as ações de educação permanente com as práticas públicas de saúde.

“Participar desse evento está sendo de grande importância, um momento de construção da política de educação permanente no estado, como forma de fortalecer nossas ações, pois quando iniciamos não tínhamos um norte a seguir. Nosso principal objetivo é oferecer um atendimento de qualidade, deixando de ser um cuidado fragmentado e sim um cuidado integrado”, ressalta.

Foco no profissional

De 2012 para cá, a coordenação de cursos do Departamento de Ensino, Pesquisa, Ciência e Tecnologia da SESACRE promoveu mais de 2,7 mil capacitações, entre cursos especializações e aperfeiçoamentos, residência profissional, mestrados e doutorados.  A capacitação é uma das estratégias metodológicas mais usadas para enfrentar os problemas de desenvolvimento dos serviços de saúde.

Por Lane Valle

<-Voltar