Governos do Brasil e de Cuba assinam acordos de cooperação em saúde

O diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, integra a comitiva da Presidenta da República, Dilma Rousseff, em Havana, Cuba, para assinatura de acordos na área da saúde. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, também faz parte da comitiva presidencial, que estará em Cuba até esta terça-feira (31/1).

Os acordos estão relacionados a três eixos temáticos: desenvolvimento tecnológico, envolvendo pesquisa e produção de medicamentos e outros produtos para a área de saúde; articulação regulatória para harmonizar as exigências para registros de produtos e processos em saúde, favorecendo a cooperação e a inovação em saúde; e articulação para a pesquisa clínica em oncologia, com terapia e diagnóstico de câncer.

A cooperação na área de saúde que será firmada entre os dois países permitirá promover a capacitação tecnológica do Complexo Industrial da Saúde (setor farmacêutico, diagnóstico, equipamentos, entre outros), aumentar o acesso da população a produtos de alto valor agregado, diminuir custos para os Ministérios da Saúde do Brasil e de Cuba, além de diminuir a vulnerabilidade dos Sistemas de Saúde.

Neste sentido, são atividades prioritárias de cooperação a pós-comercialização em produtos para a saúde, kits de diagnóstico, sangue, tecidos e células, medicamentos e insumos farmacêuticos.

Os acordos firmados dão prosseguimento às ações iniciadas em outubro de 2011, quando foi assinado um memorando de entendimentos entre os dois países no âmbito da saúde, com a participação do diretor-presidente da Anvisa e do Ministro da Saúde.

Márcia Turcato – Imprensa/Anvisa

<-Voltar