Huana instala projeto de integração dos hospitais em plataforma única

O Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Huana), unidade do Governo de Goiás, passa a ser um dos primeiros na rede estadual a “virar a chave” na implementação do projeto de integração dos hospitais em plataforma única. Um sistema específico desenvolvido pela empresa MV já está em funcionamento em parte dos setores da instituição. Desde sábado, 15, informações sobre a chegada dos pacientes à unidade e sobre a disponibilização de suprimentos já podem ser acessadas eletronicamente pelo novo sistema, chamado Soul MV.

A segunda etapa, que será realizada em breve, incluirá dados das demais áreas do hospital, como resultados de exames de imagem e laboratoriais e o prontuário eletrônico do paciente. A MV vai instalar o sistema em todas as 23 unidades de saúde estaduais geridas por OSs.

A expectativa é que, quando a plataforma já tiver sido instalada em todos esses hospitais, os prontuários possam ser acessados remotamente em qualquer uma das instituições. Se um paciente, a título de exemplo, for atendido no Huana, essa ocorrência automaticamente poderá ser acessada em outra unidade hospitalar estadual.

“Sabemos da importância destas mudanças para as instituições de saúde. O Huana reconhece esses investimentos do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), como importante passo rumo ao futuro. É a tecnologia a favor da saúde”, destaca o médico Cicílio Alves de Moraes, presidente da Fundação Universitária Evangélica (Funev), gestora do Huana.

Ferramenta valiosa
o Huana, que completou 15 anos recentemente, entra em uma nova etapa de desenvolvimento, com a implantação do Prontuário Eletrônico do Soul MV. O diretor executivo da Funev/Huana, João Pedro dos Santos Pereira, ressalta que o prontuário eletrônico do paciente é uma ferramenta tecnológica valiosa na otimização de processos e promoção de segurança aos pacientes.

“O avanço tecnológico é uma realidade mundial. Com esse avanço aplicado à saúde, podemos ver importantes projetos, como esse que está acontecendo no Estado de Goiás, com a integração dos hospitais em plataforma única. No caso específico do Huana, com adesão ao projeto, também avançamos enquanto gestão, com a informatização total da unidade, o que viabiliza melhores decisões gerenciais estratégicas, incluindo a implantação do prontuário eletrônico do paciente, que permite um avanço na qualidade e utilização dos registros”, pontua.

A plataforma conta com diversas vantagens, quando comparada ao prontuário de papel, conforme explica o gerente administrativo do Huana, Renato Pereira de Souza: “A implantação do prontuário eletrônico é um divisor de águas para a gestão do Huana, pois promoverá redução de custos, maior controle, otimização dos processos de trabalho e, principalmente, a segurança do paciente, já que colabora com a personalização do cuidado”. Renato Pereira acrescenta que “as informações coletadas do novo sistema auxiliarão a gestão a tomar decisões mais assertivas, objetivando cada vez mais a melhoria do atendimento, o acesso à saúde e a humanização”.

Prontuário eletrônico 
O Prontuário Eletrônico do Soul MV reúne, em um único local, as informações clínicas e assistenciais de todos os atendimentos dos pacientes, simplificando o armazenamento de dados e facilitando o dia a dia de médicos, equipe de enfermagem e demais profissionais de saúde, além de garantir a segurança do paciente.

Reconhecido pelo instituto norte-americano de pesquisa e insights Klas como o melhor prontuário eletrônico da América Latina de 2016 a 2019, a solução torna possível a análise estatística dos dados clínicos e garante a legibilidade total das informações.

Os prontuários eletrônicos serão implantados por módulos. A expectativa, conforme explica o gerente de gestão e planejamento da Funev, Daniel Hassel Mendes, é que nos próximos dois meses todos os módulos já estejam instalados nos mais diversos setores da instituição.

“Acreditamos que a inovação tecnológica é aliada da gestão e planejamento dentro de uma instituição hospitalar. Os investimentos nos prontuários eletrônicos feitos pelo Estado, por meio da Secretaria de Saúde, contribuem para traçarmos novas metas que aprimorem ainda mais o atendimento de urgência e emergência oferecido à população”, destaca.

Felipe Homsi e Hariane Rodrigues (texto)
Foto:  Hariane Rodrigues

<-Voltar