IDSUS – avaliação da saúde pública brasileira

CONASS e Conasems participaram da construção da ferramenta de avaliação que mede o acesso e a eficiência dos serviços de saúde no Brasil

O Ministério da Saúde lançou hoje à tarde, em Brasília, o Índice de Desenvolvimento do SUS (IDSUS), instrumento de avaliação formulado com a participação dos gestores dos estados e dos municípios e submetido à consulta pública que pretende apontar as dificuldades e os problemas visando o aprimoramento da gestão e dos serviços e ações ofertados pela saúde pública brasileira.

Alexandre Padilha ressaltou, durante a coletiva de imprensa na qual apresentou o programa, que deve ser constituída no SUS uma cultura de avaliação e que “o SUS não pode temer processo de avaliação do sistema e deve dar publicidade às informações, pois se trata de uma ferramenta para aprimorar a gestão”.

O acesso dos cidadãos ao sistema e a efetividade das ações e dos serviços serão avaliados nos diversos níveis de atenção do SUS. “Além de dar maior transparência ao quadro geral da oferta e da situação dos serviços de saúde, o IDSUS 2012 servirá como instrumento de monitoramento e avaliação para que os dirigentes dos três níveis – federal, estadual e municipal – tomem decisões em favor do aprimoramento das ações de saúde pública no país”, explicou Padilha.

O IDSUS 2012 está disponível para consulta de toda a sociedade pelo endereço www.saude.gov.br/idsus.

Clique aqui e acesse a apresentação que detalha o programa.

<-Voltar