Hemonorte exporta plasma para França

O Hemocentro Dalton Cunha (Hemonorte), através de parceria com a Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobras/Ministério da Saúde), remete, nesta terça-feira (03), para o Laboratoire Français ou Fractionnement et  des Biotechinologies, da  França, 2 mil e 200 bolsas de plasma congelado.

Em contrapartida, o laboratório francês envia para o Hemocentro do Estado medicamentos como fator coagulante para o tratamento de hemofílicos e albumina humana. O plasma é um subcomponente do sangue usado para tratar distúrbios da coagulação sanguínea.

Para o hematologista e vice-diretor do Hemonorte, Rodrigo Villar, desde 2009 o material sanguíneo está sendo enviado para o laboratório francês. “Essa parceria é muito importante para o Estado, porque esses medicamentos são muito caros e o plasma que enviamos é o excedente. Quando não tínhamos esse acordo, a sobra era descartada porque o Brasil ainda não possui estrutura para a industrialização do produto, pois a fábrica de hemoderivados da Hemobras, em Goiânia/PE, está em fase de construção”, explicou Rodrigo Villar.

Kelly Barros - Subcoordenadora da Assessoria de Comunicação - ASCOM
Redação ASCOM (84)- 3232-2618/3232-2630
Site:www.saude.rn.gov.br
Twitter: www.twitter.com/SesapRN

Foto: Internet