Bases do Samu vão atender 12 mil habitantes no interior do PI

As cidades de Santo Inácio e Santa Cruz ganharam atendimento de urgência com o SAMU

O atendimento pré-hospitalar no interior do Estado ganhou, um reforço na manhã desta segunda-feira (30), com a inauguração de duas novas bases descentralizadas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Santo Inácio e Santa Cruz do Piauí. Juntas as duas bases vão cobrir uma população de quase 12 mil habitantes, tendo em vista que além dos dois municípios, os profissionais darão apoio a municípios como Paquetá e Wall Ferraz.

A primeira base inaugurada foi na cidade de Santa Cruz do Piauí, logo em seguida foi a vez de Santo Inácio. O governador Wilson Martins e o secretário de saúde, Ernani Maia, entregaram a população de Santa Cruz do Piauí uma ambulância de Suporte Básico e a base descentralizada equipada com radio-comunicador, dormitórios masculinos e femininos, sala de descanso de condutor, copa e almoxarifado. A mesma estrutura foi entregue em Santo Inácio.

Nos dois municípios, uma equipe de nove profissionais está qualificada no atendimento pré-hospitalar. Em Santa Cruz, após conhecerem as instalações da Base descentralizada as autoridades falaram da importância do Samu para a cidade e para os municípios vizinhos. “Este serviço vem dar mais tranquilidade a nossa população, que ultimamente estava desamparada sem a parte de urgência. O governo estadual e a prefeitura estão dando uma lição de como salvar vidas no interior do nosso Piauí”, disse o secretário municipal de saúde, Rannyere Xavier.

O prefeito Pedro Molesco, de Santo Inácio, acompanhou a entrega da chave da Unidade de Suporte Báscio e elogiou a nova Base do Samu da cidade. “Será um serviço de extrema importância, já que agora teremos profissionais preparados para atender a nossa população nos casos de acidentes ou de urgências”, destacou.

Em seguida a coordenadora estadual do Samu, Christianne Leal, destacou que a ampliação do número de pontos descentralizados permite diminuir ainda mais o tempo de resposta entre o acionamento da assistência e a chegada da equipe ao local da ocorrência. “O Estado vem investindo em capacitação desses profissionais que aonde chegam sempre estão prontos para salvar vidas. Assim que a população disca o 192,  o deslocamento é rápido e eficaz”, explica.

Para o secretario de Estado da Saúde, Ernani Maia, um dos diferenciais da administração de Wilson Martins é que a melhoria da saúde vem chegando nas cidades mais distantes, afim de garantir a população atendimento no menor tempo possível. “A descentralização do Samu foi uma das estratégias adotadas na nossa gestão para contornar problemas decorrentes da situação, garantindo o atendimento da população no menor tempo possível”, frisa.

Ao final das visitas, Wilson Martins afirmou que se sentia orgulhoso em poder ajudar sua terra natal e levar até Santa Cruz do Piauí os mesmos benefícios que vem implantando nas outras regiões do Estado. “Não podemos esquecer as nossas raízes, e aqui este povo simples agora pode contar com serviços de saúde do mesmo porte dos grandes centros, mas queremos mais e a ordem é que todo o Estado esteja coberto com serviços que evitem perder vidas e que possam tratar com dignidades nossos pacientes”, reiterou.
Participaram ainda da solenidade a coordenadora estadual de Monitoramento, Janaina Lopes, e demais autoridades federais, estaduais e municipais.

Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi)
Assessoria de Comunicação
www.saude.pi.gov.br
(86) 3216-3610 / 8802-9604 / 8851-2074