Informação e Informática em Saúde e sistemas de informação da assistência farmacêutica são temas de debate entre profissionais das SES e Ministério da Saúde

Brasília – Profissionais da área de tecnologia e sistemas de informação dos estados participam da Câmara Técnica de Informação e Informática em Saúde do CONASS. O encontro teve início ontem (04), com discussões acerca da Política Nacional de Informação e Informática em Saúde e Registro Eletrônico em Saúde: As estratégias da gestão federal para sua implementação; o Cartão Nacional em Saúde; do Sistema de Regulação, Controle e Avaliação (SISRCA); aa Estratégia e-SUS Atenção Básica; do Sistema de Informação do Câncer; e da situação atual do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan). O encontro continuou nesta quarta-feira (05), com a reunião conjunta com a Câmara Técnica de Assistência Farmacêutica do CONASS.

A coordenadora de Núcleos do CONASS, Rita Cataneli,  enalteceu a iniciativa de juntar os profissionais das duas áreas a fim de ouvir como está sendo feita a interação entre ambos, além de trocar experiências sobre os problemas enfrentados e sobre que tipo de soluções estão sendo encontradas.

O diretor do Departamento de Informática do SUS (Datasus), Giliate Cardoso Coelho Neto, participou da reunião no primeiro dia do encontro e falou sobre a Política Nacional de Informação e Informática em Saúde e Registro Eletrônico em Saúde.

Giliate  afirmou que um dos compromissos assumidos com a direção do departamento foi a abertura do diálogo com diversas esferas tanto do governo, quanto da sociedade civil, com o objetivo de conversar sobre o que seriam as diretrizes e políticas de tecnologia da informação em saúde que ainda precisam ser pensadas e ressaltou que mantém um diálogo também muito próximo com o CONASS e com o Conasems. “Quando falamos de saúde, falamos de um setor mais complexo em termos de informação e informática onde é preciso uma robusta infraestrutura por trás da informação que circula, além de um sistema que garanta operabilidade semântica e arquétipos necessários para realizar o trânsito das informações”, disse.

O diretor também alertou para a seriedade necessária no debate sobre segurança e privacidade da informação, já que a saúde é uma área que requer muita sensibilidade com as informações.

Segundo ele há muitas dificuldades das áreas de negócios dos municípios e dos estados com os sistemas de informação do Datasus, existindo hoje um rol de sistemas extremamente fragmentado. “Nós catalogamos o conjunto de soluções que temos hoje em produção e chegamos a 389. Destas, 106 são soluções que o gestor ou o trabalhador tem contato direto, sendo 45 soluções que, de fato, organizam o sistema”, advertiu.

Para Giliate a Tecnologia da Informação no decorrer dos anos reproduziu a fragmentação que existe na saúde pública e também na área de gestão pública da saúde, o que faz com que hoje existam diversos sistemas de notificação de doenças e de distribuição logística. “O que  temos conversado de uma maneira geral e o principal pedido do ministro da Saúde, Arthur Chioro, é que a gente tenha uma agenda de integração dessas soluções para termos menos soluções com melhores performances. Nós acionamos algumas atividades mais críticas e alguns lugares onde os sistemas têm grande dificuldade. A ideia é criarmos um clima de cooperação e o ideal é discutirmos sobre isso com os estados que, de fato, conduzem esse processo nas SES”, concluiu.

No segundo dia da reunião, o encontro deu-se em conjunto com profissionais da área de Assistência Farmacêutica dos estados e também do Ministério da Saúde. O tema central foi a situação dos sistemas de informação da Assistência Farmacêutica e integração com sistemas próprios na perspectiva das Secretarias Estaduais de Saúde: o Horus (Sistema de Informações da Assistência Farmacêutica) e o Sistema Nacional de Controle de Medicamentos.

 

As fotos dos dois dias da reunião estão disponíveis na nossa galeria no flickr: https://www.flickr.com/photos/conass/

 

Assessoria de Comunicação do CONASS

(61) 3222-3000

ascom@conass.org.br

<-Voltar