JUSTIÇA! Ministério Público arquiva inquérito e inocenta Beatriz Dobashi e Ronaldo Queiroz

Promotor destacou que ex-secretária não participou de esquema

beatriz2

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPE) arquivou inquérito civil contra a ex-secretária estadual de saúde, Beatriz Dobashi, e o ex-diretor do Hospital Regional, Ronaldo Perches Queiróz.

O procedimento foi aberto em 2013 e tinha como objetivo apurar se a ex-secretária e o ex-diretor do hospital incorreram em crime de responsabilidade administrativa, por eventuais prejuízos que teriam causado a saúde pública de Mato Grosso do Sul.

O promotor Gevair Ferreira, titular da 49ª Promotoria de Campo Grande, concluiu que não ficou comprovado, ao longo das investigações, que os dois tenham envolvimento em suposto esquema para beneficiar clínicas particulares denominado “Sangue Frio”.

Conforme o despacho assinado no dia 17 de janeiro, o promotor ressalta que Beatriz e Ronaldo “não foram indiciados pela Polícia Federal” no âmbito da “Operação Sangue Frio”. Por conta disso, “os motivos que impulsionaram a ação desta Promotoria de Justiça não subsistem mais, o que , por consequência lógica, autorizam o arquivamento destes autos”.

A investigação da Polícia Federal concluiu que os dois não têm envolvimento no suposto esquema. Não houve “omissão por parte dos requeridos , haja vista que as irregularidades apontadas no Hospital Regional pela CPI da Saúde, foram devidamente sanadas, bem como todas as informações solicitadas foram devidamente prestadas pelos ora requeridos”, conclui o promotor em seu despacho.

Fonte: Correio do Estado

<-Voltar