Lançamento do Projeto ImunizaSUS nesta quinta-feira, às 10h no canal do Conasems no YouTube

Após a aprovação da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) das vacinas da Fiocruz e Instituto Butantan contra a Covid-19 para uso emergencial em todo o território brasileiro, o Conasems dá início ao ImunizaSUS, que vai transformar as Unidades Básicas de Saúde em salas de aula. O projeto conta com o apoio do Ministério da Saúde e tem o objetivo de capacitar mais de 94 mil profissionais de saúde que atuam diretamente nas ações de imunização em municípios de todo o país. O projeto será lançado em Brasília, na próxima quinta-feira (21), às 10h e será transmitido ao vivo pelo Canal do Conasems no YouTube.

A capacitação tem carga total de 180 horas e será ofertada no modelo de Ensino à Distância (EAD) com tutoria a partir de teleaulas transmitidas por satélite no Canal de Televisão Mais Conasems exibidas em horários pré-definidos nas UBS do país. Além disso, todas as aulas também serão disponibilizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) como conteúdo didático estruturado na linguagem web no formato de streaming. 

O ImunizaSUS foi construído a partir de três pilares: Capacitação, Pesquisa e Comunicação. Pensado para oferecer informações técnico-científicas e atualizadas para profissionais de saúde, o projeto também propõe ações de engajamento para a sociedade sobre a importância da vacinação.

A emergência em saúde pública provocada pelo novo coronavírus foi fator preponderante para incluir na capacitação conteúdos que incluem a operacionalização das vacinas produzidas pela Fiocruz e Instituto Butantan nos municípios, bem como sobre a Política Nacional de Imunização e a Covid-19.

Fonte: Conasems

<-Voltar