Leonardo Vilela defende fortalecimento das entidades para melhoria do SUS

O secretário de Estado da Saúde de Goiás e presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), Leonardo Vilela, destacou a importância do fortalecimento das entidades da área na solenidade de inauguração da nova sede do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems) de Goiás. Leonardo Vilela acentuou que o subfinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS) por parte da União penaliza Estados e municípios, que atuam acima de sua capacidade para manter o SUS.

A inauguração da nova sede do Cosems de Goiás aconteceu na noite de 19 de setembro. A cerimônia, coordenada pela presidente do Cosems de Goiás, Gercilene Ferreira, também contou com a participação do presidente do Conselho Nacional dos Secretários Municipais de Saúde (Conasems), Mauro Junqueira, e do secretário-executivo do Conass, Jurandi Frutuoso. A nova sede, localizada em um ambiente amplo, no Jardim Goiás, em Goiânia, terá condições de possibilitar melhor acolhimento e trabalho para os secretários de Saúde dos 246 municípios goianos. 

Na avaliação de Leonardo Vilela, a nova sede do Cosems representa o fortalecimento da entidade e, inclusive, dos municípios de Goiás. “O Cosems de Goiás tem uma história de luta pela saúde pública e tem avançado de forma significativa nos últimos anos”, enfatiza. Ele assinala, ainda, que um Cosems atuante garante as condições para o fortalecimento do Conasems e do Conass.

Em seu pronunciamento, Mauro Junqueira também apontou a necessidade de direcionamento de mais recursos para o SUS. Ele destacou que atualmente o SUS dispõe para o atendimento diário de cada cidadão somente R$ 3,30. Embora o recurso seja mínimo, assinala o presidente do Conasems, o SUS realiza uma infinidade de cirurgias e de procedimentos complexos diariamente, proporcionando a vida aos cidadãos brasileiros.

Já a presidente do Cosems de Goiás, Gercilene Ferreira, afirmou que a entidade sempre contou com o apoio do Governo do Estado. Além de acolher os secretários municipais de Saúde, a nova sede representa um ponto de apoio e um espaço para a discussão de políticas públicas de saúde a serem executadas nos municípios.

Fonte: Ascom SES/GO

Fotos: Lailson Damasio

<-Voltar