Ministério da Saúde lança 3ª edição da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa

A 3º edição da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa (acesse aqui) será distribuída pelo Ministério da Saúde (MS) aos municípios mediante manifestação de interesse dos (as) secretários (as) de Saúde, por meio de ofício ao MS (veja ao final deste texto o endereço completo). A publicação, estratégica, é um instrumento de qualificação da atenção às pessoas com 60 anos ou mais, que representam aproximadamente 13% da população brasileira (26,1 milhões, segundo a PNAD, 2013).

Durante o processo de implantação, a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa fornecerá assessoria técnica para participação em reuniões locais, oficinas e outros processos formativos que envolvem a utilização e divulgação da nova versão da Caderneta.

Além disso, nos próximos seis meses, serão oferecidas vagas em cursos à distância, por meio de parceria com a Universidade Aberta do SUS (Unasus), para qualificar os profissionais de saúde na atenção à pessoa idosa, sendo a Caderneta um dos temas abordados.

Haverá uma versão eletrônica do manual para utilização da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa, que também incluirá uma proposta de ficha espelho para o registro das informações pelas equipes de saúde, que poderá ser adaptada conforme a realidade local.

Escolha – Os municípios poderão escolher pela distribuição gradual, de acordo com a realidade local e suas condições operacionais para atingir 100% da população idosa cadastrada na Atenção Básica.

O MS compartilhará o arquivo da Caderneta para reprodução aos municípios que quiserem imprimir exemplares com recursos próprios. Nesses casos, deverão ser informados os mesmos itens do anexo 1, registrando o interesse e o número de exemplares a serem impressos com recursos próprios.

Multidimensional – Além de fornecer informações sobre o autocuidado para os (as) usuários (as), a Caderneta orienta os (as) profissionais de saúde a realizarem uma avaliação multidimensional e a organizarem o seu processo de trabalho em equipe.

Antecedentes – Em fevereiro de 2014, o documento foi colocado em consulta pública, e, considerando as sugestões dos diferentes profissionais e gestores que participam da mesma, foi formulada a sua versão final, apresentada no dia 2 de junho de 2014, em Serra/ES, durante o 30º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde.

O Secretário municipal de saúde deverá enviar a manifestação de interesse até o dia 20 de julho de 2015, por meio de correspondência para: Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa (Cosapi/Dapes/SAS/MS) – SAF/Sul, Trecho 02, Lote 05/06, Torre , Edifício Premium, 1º andar, sala 14, Brasília (DF), CEP: 70070-600

Quaisquer dúvidas, por favor, contatar a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa pelos telefones (61) 33156226/9138, ou pelo e-mail idoso@saude.gov.br

 

Fonte: Dapes/SAS/MS

<-Voltar