Ministro interino da Saúde visita Conecta SUS

Adeílson Cavalcante destaca os avanços na implantação de sistema criado pela SES que monitora os focos do Aedes em Goiás e que foi adotado pelo Governo Federal para ser disponibilizado para todos os estados brasileiros

O secretário-executivo e ministro interino da saúde, Adeílson Cavalcante, visitou na manhã desta quinta-feira, 20, o Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde Zilda Arns Neumann (Conecta SUS). Durante o encontro com o secretário de Estado da Saúde (SES-GO) e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Leonardo Vilela, o ministro destacou o avanço na implantação do modelo de combate ao Aedes aegipty em Goiás, que foi adotado pelo Ministério da Saúde (MS). A previsão é de que o modelo goiano seja implantado em todos os Estados brasileiros. 

“Percebemos a relevância desses sistemas do Conecta SUS e resolvemos implantar o mesmo modelo no Ministério da Saúde, para que, futuramente, os demais Estados do País possam aderir”, disse. O sistema que será disponibilizado pelo ministério para os Estados está sendo desenvolvido pela Gerência de Tecnologia da Informação, em conjunto com a Vigilância Sanitária a SES-GO e o Conecta SUS.

A visita também foi acompanhada pelo presidente do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), Mauro Junqueira, que lembrou a importância desses sistemas para os municípios goianos. “Ficamos impressionados com os avanços de Goiás no monitoramento de doenças. Esse apoio para as prefeituras é essencial para prevenir problemas de saúde e investir em ações adequadas para cada necessidade”, ressaltou.

Funcionalidades e indicadores

Durante a visita, que contou também com a presença dos superintendentes da SES-GO, a gerente de Tecnologia da Informação, Luiselena Esmeraldo, apresentou as funcionalidades do sistema. O gerente do Conecta SUS, Jean Pierre Pereira, por sua vez, mostrou parte dos inúmeros indicadores georreferenciados usados para acompanhar diversas ações da SES-GO.

O secretário Leonardo Vilela pontuou os sistemas tecnológicos existentes no complexo e frisou os indicadores da Hemorrede de Goiás. “Um exemplo são os indicadores do Hemocentro que permitem conhecermos o perfil dos doadores e a frequência de doação de sangue, além de apresentar os números (em tempo real) de bolsas de sangue disponíveis por tipo sanguíneo”, citou.

O Conecta SUS funciona como espaço de monitoramento, em tempo real, das informações em saúde dos 246 municípios de Goiás. Isso torna possível aos técnicos desenvolverem ações e projetos de políticas de saúde para enfrentar os problemas que surgem no Estado, dando aos gestores a oportunidade de tomarem decisões cada vez mais rápidas e assertivas.

Reunião da CIB
Em visita à Reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), realizada na sede da Superintendência de Educação em Saúde e Trabalho para o SUS (SEST-SUS), Adeílson Cavalcante, reconheceu o trabalho dos municípios goianos e do Estado de Goiás na área da saúde.

“De fato, quem executa as políticas e ações na saúde são vocês, e quem está mais próximo é o Estado”, afirmou, ao confirmar o compromisso do ministério com os municípios goianos. “O ministro interino e secretário executivo do Ministério da Saúde, Adeílson, tem sido companheiro e solidário nas nossas demandas”, confirmou o secretário Leonardo Vilela.

Fonte: Ascom SES/GO

Foto: Crédito: Lailson Damásio/SES-GO

<-Voltar