Ministro Padilha e prefeitos debatem contratação de médicos na Atenção Básica

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, reuniu-se com representantes da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), da Associação Brasileira de Municípios (AMB) e com o prefeito de Aparecida de Goiânia (GO), Maguito Vilela, na tarde desta terça-feira (22), para tratar sobre a necessidade de contratar médicos para a Atenção Básica.

Durante a agenda oficial, Eduardo Tadeu Pereira, presidente da ABM, afirmou que este é o momento de demandar o governo sobre as necessidades dos municípios. Uma medida importante para diminuir a falta de médicos é a abertura de mais vagas nas universidades públicas e privadas. “Nesta eleição de agora, que definiu os novos gestores e gestoras, ficou claro que um dos principais problemas que a população vislumbra é a saúde. As prefeituras têm tido muita dificuldade de contratar médicos e médicas principalmente nas periferias dos grandes centros. Então é preciso que a gente tenha mais médicos. Tem que se criar mais vagas nos cursos de medicina. Mas é preciso de uma atitude imediata”, destacou.

Na conversa, o vice-presidente da FNP, Paulo Mac Donald Ghisi, comenta que o objetivo da reunião foi propor ações para resolver o problema da falta de médico no Brasil. “Nós precisamos resolver um problema que não pode ser mais esquecido, nem deixado de lado. Nós temos que achar uma solução”, enfatiza.

Já o prefeito de Aparecida de Goiânia (GO), Maguito Vilela, comenta que outra medida significativa é a parceria das entidades com o governo. “O Brasil é um dos países que tem menos médicos por mil habitantes. Então é importante que todas as entidades deem o apoio ao governo federal, que está disposto em função do quadro existente de anunciar medidas para facilitar a vida dos novos gestores e naturalmente a de todos os brasileiros”.

O próximo encontro do ministro Alexandre Padilha com os representantes de prefeitos está marcado para a próxima segunda-feira, a convite das entidades.

Ilana Paiva/ Blog da Saúde, com Alexandre Penido / Web Rádio Saúde

Foto: Erasmo Salomão – Ascom/MS

<-Voltar