Nota sobre casos de febre amarela em humanos

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que Santa Catarina tem seis casos confirmados de febre amarela em humanos em 2020. Dois pacientes tiveram o diagnóstico positivo para a doença na tarde de quinta-feira, 27. Um morador de Pomerode, 47 anos, que está internado no Hospital Nereu Ramos, em Florianópolis, e outro paciente de Indaial, 50 anos, internado no Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, de Joinville.

Além deles, o estado já tinha confirmado, no informe epidemiológico divulgado quarta-feira, 26 de fevereiro, quatro casos de febre amarela em humanos (São Bento do Sul, Blumenau, Jaraguá do Sul e Pomerode). Todos os seis casos confirmados até agora no estado são de homens que não possuem registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

Com relação aos macacos, Santa Catarina contabiliza 11 primatas mortos por conta da doença. Outras 122 epizootias continuam em investigação.

A SES destaca a importância da vacinação contra a febre amarela, única forma de prevenir a doença, e reforça que todos os moradores de SC com mais de nove meses devem ser imunizados. A vacina é gratuita e está disponível nos postos de saúde.

<-Voltar