Oferta de mamografia no SUS aumentou em 25% nos últimos três anos

Nos últimos três anos, o Sistema Único de Saúde (SUS) ampliou a realização de mamografias em 25% para o público geral. Para as mulheres de 50 a 69 anos, grupo mais vulnerável ao câncer de mama, a ampliação da oferta de mamografias foi de 30%. Para se ter uma ideia, em 2013 foram oferecidos dois milhões e 300 mil exames para as mulheres dessa faixa etária, contra a oferta de um milhão e setecentos mil procedimentos em 2010.

De acordo com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a meta é que a oferta de mamografias aumente cada vez mais. “Estamos acompanhando muito junto aos estados e municípios, por exemplo, a necessidade de crescermos. Crescemos em 30% os exames de mamografia entre as mulheres, mas precisamos crescer ainda mais. Acompanhando junto aos estados e municípios, agora, a implantação de um sistema de informação para monitorar o diagnóstico do câncer e o início do tratamento, ou seja, é uma prioridade para o Ministério”.

A realização da mamografia nas mulheres das demais faixas etárias também cresceu nos últimos três anos, aumentando em 18%, saindo de um milhão e setecentos mil exames realizados em 2010 para a oferta de dois milhões de procedimentos em 2012. Em novembro do ano passado, o Ministério da Saúde publicou uma portaria que traz novas regras que asseguram recursos para a realização do procedimento em todas as faixas etárias. A faixa etária de 50 a 69 anos é definida como prioritária para a realização do exame preventivo pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e seguida pelo Ministério da Saúde diante da maior incidência da doença nesse grupo.

Fonte: Débora Rocha / Web Rádio Saúde/Agência Saúde

Foto: Sean Justice/Corbis

<-Voltar