Pernambuco – Poliomielite: campanha de vacinação é prorrogada

Até o momento, 81,18% do público total foi imunizado. Meta é 95%

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite foi prorrogada até o dia 5 de julho. Até o momento, em Pernambuco, 512.281 meninos e meninas entre 6 meses e menos de 5 anos foram imunizadas. Isso representa 81,18% do público total, de 631.037. A meta do Ministério da Saúde (MS) é vacinar, no mínimo, 95% das crianças.

Mesmo as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia podem receber as gotinhas. Em alguns casos – como, por exemplo, em crianças com infecções agudas, com febre acima de 38º C ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina –, recomenda-se que os pais consultem um médico para avaliar se a vacina deve ser aplicada.

Apesar de estar erradicada do Brasil desde 1989 (o último caso de poliomielite foi em Souza, na Paraíba), é preciso continuar mantendo o vírus fora de circulação no País, já que há outras localidades com casos, que podem ser exportados para o Brasil. Vale lembrar que não existe tratamento contra a paralisia infantil, sendo a vacina a única forma de prevenção.

Os acometidos pela doença, normalmente, ficam com flacidez muscular em pelo menos um dos membros inferiores. Em 2012, no Brasil, 98,98% do público compareceu aos postos. Em Pernambuco, todas as crianças foram vacinadas (101%).

<-Voltar