Piauí – Capacitação para profissionais do Samu Aéreo inicia nesta sexta (24)

Ao todo, 32 profissionais participarão do treinamento, entre médicos e enfermeiros, todos do Samu Estadual

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), através da coordenação estadual do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da empresa Grupo de Resgate e Emergência (GRE), de Brasília-DF, dá início nesta sexta-feira (24) à capacitação dos profissionais de saúde que atuarão no Samu Aéreo: o novo investimento do Governo do Estado para garantir mais assistência, eficiência e um melhor atendimento em saúde pública, para todos os 224 municípios piauienses.

O treinamento acontecerá nos turnos da manhã e da tarde na sede do Samu Estadual, nesta sexta (24), sábado (25) e domingo (26), sendo o último dia destinado para as aulas de campo, no turno da tarde, no Aeroporto de Teresina. Ao todo, 32 profissionais participarão do treinamento, entre médicos e enfermeiros, que já são lotados no Samu Estadual, sendo a maioria proveniente do concurso público da Sesapi do ano de 2011. Também participam desse treinamento os quatro pilotos que foram deslocados para o serviço.

Inicialmente, sete médicos e sete enfermeiros – que se dividirão em plantões de 24 horas, sendo 12 horas no Samu Aéreo e outras 12 horas na Unidade de Suporte Avançado, que dará apoio ao serviço aéreo – vão atuar no novo serviço. Em síntese, serão duas equipes de trabalho diário.

“A princípio apenas uma aeronave será utilizada pelo serviço, até que se observe a demanda e, então, uma segunda aeronave – que já está disponível – possa operacionalizar. A partir dessa observação da demanda, também analisaremos a possibilidade do serviço funcionar noturnamente, já que essa fase inicial será apenas diurno, todos os dias da semana”, explicou Christianne Rocha, coordenadora estadual do Samu no Piauí.   

Os plantões funcionarão da seguinte forma: iniciando às 06h e finalizando às 18h. “A solicitação para o transporte aeromédico deverá partir do profissional médico que está acompanhando o paciente no hospital regional. Esse fará o contato com a central de regulação das urgências, através do 192, que, por sua vez, receberá explicações sobre o quadro clínico do paciente, para justificar o uso do transporte aéreo”, completou Christianne.

A capacitação abordará diversos assuntos, como Teoria de voo; Segurança de voo; Embarque e desembarque de paciente; Fisiologia de voo; Peculiaridades de aeronave de asa fixa e rotativa; Rádio comunicação e terminologias aeronáuticas; Principais patologias do transporte aeromédico e suas alterações fisiológicas; Stress de voo e Protocolo de Transporte aeromédico do paciente.

As patologias que se enquadram nos protocolos para o uso do transporte aeromédico são Infarto Agudo do Miocárdio, Acidente Vascular Cerebral, Politraumatismo, Neonatologia, Gestantes de Alto Risco e Insuficiência Ventilatória.

Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi)
Assessoria de Comunicação
www.saude.pi.gov.br
(86) 3216-3610 / 8802-9604 / 8851-2074

<-Voltar