Piauí se aproxima dos mil casos de Dengue em 2013

Já são 977 notificações de casos de dengue em todo o Estado este ano. A redução é de 70% em relação a 2012

O Piauí já registra 977 notificações de dengue em todo o Estado. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta sexta-feira (22), há uma redução de 70,8% no número de casos de 2013 em relação a 2012.

No entanto, deve continuar o alerta, principalmente nos municípios com o maior número de casos: Teresina, Pedro II, Pimenteira e Lagoa de São Francisco.

No boletim divulgado pela Sesapi na última semana, o Estado apresentava 776 notificações, ou seja, em uma semana, a dengue teve um aumento de 201 novos casos registrados.

O grande problema para combater o mosquito Aedes aegypti é que sua reprodução ocorre em qualquer recipiente utilizado para armazenar água, tanto em áreas sombrias como ensolaradas. “Por isso é sempre bom manter esses recipientes fechados, como uma caixa d’água, por exemplo”, ressalta a diretora de Vigilância em Saúde da Sesapi, Telma Evangelista.

O mosquito possui cor preta, com manchas (riscos) brancos no dorso, pernas e cabeça. As fêmeas costumam picar o ser humano na parte do começo da manhã ou no final da tarde. Picam nas regiões dos pés, tornozelos e pernas. Isso ocorre pois costumam voar a uma altura máxima de meio metro do solo. A coleta regular de lixo também reduz os possíveis criadouros de mosquitos.

Veja a relação das cidades com maior número de notificações:
Barro duro (8 casos)
Teresina (408 casos)
Pedro II (63 casos)
Parnaíba (36casos)
Picos (14 casos)
Pimenteiras (45 casos)
Piripiri (40 casos)
São Raimundo Nonato (29casos)
Várzea Grande (29 casos)
Floriano (17 casos)
Marcos Parente (11 casos)
Lagoa de São Francisco (39 casos)
Curimatá (16 casos)
Uruçuí (13 casos)
Bom Jesus (16 casos)

Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi)
Assessoria de Comunicação
www.saude.pi.gov.br
(86) 3216-3610 / 8802-9604 / 8851-2074

<-Voltar