Prefeitos do Piauí aprovam cofinanciamento da saúde

Os gestores assinaram nesta terça termo de adesão aos investimentos na saúde

Hérlon Moraes/Sesapi

O Governo do Piauí, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), realizou na manhã desta terça-feira, 12, no auditório da Associação Piauiense de Prefeitos (APPM) a solenidade de assinatura dos Termos de Adesão referente ao Programa Estadual do Cofinanciamento da Saúde.

Com a presença do Governador do Estado, Wilson Martins, do secretário de Estado da Saúde, Ernani Maia, do presidente da APPM, Arinaldo Leal e centenas de prefeitos, foram assinados documentos que formalizam o repasse de recursos do Estado direto aos Municípios.

Os repasses atendem a uma demanda histórica para a evolução dos serviços da Atenção Básica nos municípios e vão auxiliar no atendimento à população, especialmente nos hospitais municipalizados. Wilson Martins garante que aquela prefeitura que mostrar interesse em trabalhar em parceria com o governo Estadual, os recursos, estarão disponíveis, no máximo até o final deste mês.

“Queremos dar infraestrutura e equipamentos necessários para que as cidades do interior possam mostrar resolutividade no atendimento. O prefeito que mostrar uma situação regular, basta abrir uma conta e estaremos repassando recursos do Tesouro Estadual até o final deste mês”, frisou o governador do Estado.

Até o momento, de acordo com o secretário Ernani Maia, já estão assegurados R$ 40 milhões por ano para serem investidos na recuperação de hospitais, contratação de profissionais, modernização e reforma de unidades municipais de saúde. “Estamos vivendo um momento histórico na saúde pública do Piauí. Tudo que se faz pela Saúde é em defesa do dom da vida e a determinação do governador foi que nós, da Sesapi, fizéssemos um estudo de como poderíamos melhorar o funcionamento dos hospitais, principalmente daquelas cidades mais carentes. Assim, em breve estaremos repassando o dinheiro para o pleno funcionamento daquelas cidades que trabalharão em parceria conosco”, destacou o secretário de Estado da Saúde.

Os repasses devem ser aplicados nas áreas da Atenção Básica, Assistência Farmacêutica, Centro de Especialidade Odontológica, Laboratório Regional de Prótese Dentária e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).De acordo com o Superintendente de Assistência a Saúde da Sesapi, Pedro Leopoldino, neste primeiro momento, o governo atenderá a Atenção Básica e até o final deste semestre será a vez da Media complexidade.

“A idéia é que cada município possa resolver os atendimentos sem precisar mandar paciente para Teresina. Estamos elaborando um planejamento que, além desse cofinanciamneto, a Sesapi irá amenizar a falta de médicos no interior, atendendo assim necessidades da média complexidade.”, explicou.

Prefeitos avaliam importância do cofinanciamento

Antes da solenidade da assinatura, Wilson Martins e Ernani Maia entregaram uma ambulância ao presidente da APPM, Arinaldo Leal, prefeito de Vila Nova do Piauí. O presidente avalia que este beneficio será um reforço a mais na melhoria dos serviços prestados a população das cidades do Piauí.
“Sentimos que o governo estadual está comprometido com o municipalismo. Esse dinheiro ainda é pouco, mas será muito bem vindo para que possamos gerir de forma melhor a área da saúde pública nas nossas cidades”, disse.

Outro prefeito que se mostrou satisfeito com a assinatura do cofinanciamento foi Paulo Martins, de Campo Maior. Para o prefeito, a parceria via município-estado é de extrema importância para o bom funcionamento da saúde pública. “Esta integração entre governo municipal e estadual só vem a beneficiar a população. É de extrema importância essa ajuda ainda mais neste momento em que muitas prefeituras passam por dificuldades”, analisa Paulo Martins.

Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi)
Assessoria de Comunicação
www.saude.pi.gov.br
(86) 3216-3610 / 8802-9604 / 8851-2074

Prefeitos do Piauí aprovam cofinanciamento da saúde
Os gestores assinaram nesta terça termo de adesão aos investimentos na saúde
Hérlon Moraes/Sesapi  Os gestores assinaram nesta terça termo de adesão aos investimentos na saúde
O Governo do Piauí, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), realizou na manhã desta terça-feira, 12, no auditório da Associação Piauiense de Prefeitos (APPM) a solenidade de assinatura dos Termos de Adesão referente ao Programa Estadual do Cofinanciamento da Saúde.
Com a presença do Governador do Estado, Wilson Martins, do secretário de Estado da Saúde, Ernani Maia, do presidente da APPM, Arinaldo Leal e centenas de prefeitos, foram assinados documentos que formalizam o repasse de recursos do Estado direto aos Municípios.
Os repasses atendem a uma demanda histórica para a evolução dos serviços da Atenção Básica nos municípios e vão auxiliar no atendimento à população, especialmente nos hospitais municipalizados. Wilson Martins garante que aquela prefeitura que mostrar interesse em trabalhar em parceria com o governo Estadual, os recursos, estarão disponíveis, no máximo até o final deste mês.
“Queremos dar infraestrutura e equipamentos necessários para que as cidades do interior possam mostrar resolutividade no atendimento. O prefeito que mostrar uma situação regular, basta abrir uma conta e estaremos repassando recursos do Tesouro Estadual até o final deste mês”, frisou o governador do Estado.
Até o momento, de acordo com o secretário Ernani Maia, já estão assegurados R$ 40 milhões por ano para serem investidos na recuperação de hospitais, contratação de profissionais, modernização e reforma de unidades municipais de saúde. “Estamos vivendo um momento histórico na saúde pública do Piauí. Tudo que se faz pela Saúde é em defesa do dom da vida e a determinação do governador foi que nós, da Sesapi, fizéssemos um estudo de como poderíamos melhorar o funcionamento dos hospitais, principalmente daquelas cidades mais carentes. Assim, em breve estaremos repassando o dinheiro para o pleno funcionamento daquelas cidades que trabalharão em parceria conosco”, destacou o secretário de Estado da Saúde.
Os repasses devem ser aplicados nas áreas da Atenção Básica, Assistência Farmacêutica, Centro de Especialidade Odontológica, Laboratório Regional de Prótese Dentária e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).De acordo com o Superintendente de Assistência a Saúde da Sesapi, Pedro Leopoldino, neste primeiro momento, o governo atenderá a Atenção Básica e até o final deste semestre será a vez da Media complexidade. “A idéia é que cada município possa resolver os atendimentos sem precisar mandar paciente para Teresina. Estamos elaborando um planejamento que, além desse cofinanciamneto, a Sesapi irá amenizar a falta de médicos no interior, atendendo assim necessidades da média complexidade.”, explicou.
Prefeitos avaliam importância do cofinanciamento
Antes da solenidade da assinatura, Wilson Martins e Ernani Maia entregaram uma ambulância ao presidente da APPM, Arinaldo Leal, prefeito de Vila Nova do Piauí. O presidente avalia que este beneficio será um reforço a mais na melhoria dos serviços prestados a população das cidades do Piauí.
“Sentimos que o governo estadual está comprometido com o municipalismo. Esse dinheiro ainda é pouco, mas será muito bem vindo para que possamos gerir de forma melhor a área da saúde pública nas nossas cidades”, disse.
Outro prefeito que se mostrou satisfeito com a assinatura do cofinanciamento foi Paulo Martins, de Campo Maior. Para o prefeito, a parceria via município-estado é de extrema importância para o bom funcionamento da saúde pública. “Esta integração entre governo municipal e estadual só vem a beneficiar a população. É de extrema importância essa ajuda ainda mais neste momento em que muitas prefeituras passam por dificuldades”, analisa Paulo Martins.


Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi)
Assessoria de Comunicação
www.saude.pi.gov.br
(86) 3216-3610 / 8802-9604 / 8851-2074

<-Voltar