Presidente da Abrasco fará abertura do III Ciclo de Debates do NETHIS

Luis Eugenio Portela falará sobre as potencialidades e ambivalências das tecnologias de saúde

O presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Luis Eugenio Portela, é o convidado para a conferência de abertura do III Ciclo de Debates sobre Bioética, Diplomacia e Saúde Pública, promovido pelo Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde (Nethis/Fiocruz/UnB/OPAS), no dia 4 de abril, às 8h30, no Auditório Interno da FIOCRUZ Brasília. Portela ministrará a palestra Tecnologias de saúde: ambivalências e potencialidades.

As inscrições podem ser feitas no site do Nethis (http://www.bioeticaediplomacia.org/) e no site da Fiocruz Brasília (www.fiocruzbrasilia.fiocruz.br) Inscreva-se aqui. Será emitido certificado de participação.

Portela afirma que a atenção à saúde no Brasil pode ser caracterizada pelo predomínio de práticas individualistas, biologicistas, curativistas e hospitalocêntricas, “apesar de a integralidade ser um dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS)”. Para ele, a explicação das dificuldades de transformação das práticas de atenção pode estar no padrão de relacionamento e atuação do complexo econômico-industrial da saúde, que negligencia o investimento em tecnologias de promoção da saúde e prefere reproduzir a lógica de atendimento sintomático e curativo, baseado no consumo de procedimentos. Apoiado pelos estudos do filósofo da tecnologia e professor da British Columbia University, Andrew Feenberg, Portela acredita que é possível pensar em outros padrões, baseados em valores como a eficiência social e a solidariedade.

PERFIL – Luis Eugenio Portela é graduado em Medicina, mestre em Saúde Comunitária pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e doutor em Saúde Pública pela Université de Montreal, no Canadá. É professor adjunto da UFBA. Foi secretário municipal da saúde de Salvador e diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde. Coordena o Programa de Economia, Tecnologia e Inovação em Saúde do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA e preside a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

Serviço:
III Ciclo de Debates do Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde
Tema: Tecnologias de saúde: ambivalências e potencialidades
Data: 4 de abril de 2013
Horário: 8h30 às 12h
Local: Auditório do Bloco Educacional (1º Andar) – FIOCRUZ Brasília – Avenida L3 Norte, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Gleba A, SG 10 (atrás do HUB).
Informações: (61) 3329 4752.

<-Voltar