Recém-nascidos de mães sopositivas terão novo medicamento para prevenir a transmissão do HIV

Os recém-nascidos filhos de mães vivendo com HIV e aids que não receberam antirretrovirais durante a gestação terão mais um recurso para reduzir o risco da transmissão do HIV de mãe para filho (transmissão vertical), com a introdução de um novo medicamento (nevirapina) no esquema de profilaxia. A novidade foi publicada no último dia 28 de setembro em Nota Técnica do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

“O novo medicamento faz parte de uma série de intervenções implantadas pelo MS para reduzir a transmissão vertical no país. Nos últimos 12 anos, conseguimos uma queda de 49,1% no número absoluto de casos de aids em crianças menores de 5 anos de idade. A meta é eliminar a transmissão vertical do HIV até 2015”, explica o diretor do Departamento Dirceu Greco.

O ministério irá disponibilizar para cada estado quantitativo de nevirapina xarope suficiente para atender às necessidades, considerando a média de partos realizados em mães soropositivas que não receberam antirretrovirais na gestação. O medicamento deverá ter sua primeira dose nos recém-nascidos ainda na maternidade, até 48 horas após o nascimento, no total de 3 doses ao longo da primeira semana de vida, de acordo com orientações descritas na nota técnica do ministério. Após a medicação, os recém-nascidos deverão ser encaminhados da maternidade para a primeira avaliação laboratorial e clínica, em serviço de assistência especializada em HIV/aids (SAE) até o 15º dia de vida.

A definição de incorporação do medicamento foi feita em consonância com a Comissão Assessora de Terapia Antirretroviral em Crianças e Adolescentes Infectados pelo HIV e a Comissão Assessora de Prevenção da Transmissão Vertical do HIV, Sífilis, Hepatites Virais e HTLV do Ministério da Sáude. Estudo recente demonstrou a superioridade na redução da transmissão vertical com a associação da nevirapina ao uso do AZT solução oral, único medicamento utilizado atualmente. A medida entra em vigor imediatamente.

Curtiu este post? Então vote em nós no Top Blog 2012 o/.

Fonte: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais

Foto: KidStock/Blend Images/Corbis

<-Voltar