Reunião de delegados gestores na 14ª CNS

Reunidos na ocasião da 14ª Conferência Nacional de Saúde, delegados gestores de diversos estados e municípios participaram de uma reunião para discutir as estratégias de atuação durante a conferência.

Segundo Eliane Cruz, do Conselho Nacional de Saúde, aproximadamente 60% dos inscritos no evento participarão pela primeira vez da conferência. “Isso ressalta a importância do diálogo com os delegados e da nossa dedicação nos debates”, destacou.

O secretário de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte, Domício Arruda, reiterou a afirmação, tendo em vista que é a sua primeira participação no evento, e destacou a importância de que os delegados estejam unidos nas plenárias.

Já o presidente do Conasems, Antônio Carlos Nardi, disse que o fato de muitas pessoas estarem pela primeira vez na conferência dá mais ânimo a ela. Ele pediu aproximação dos delegados gestores com os delegados usuários e prestadores a fim de atuarem como multiplicadores junto deles.

Também participou do encontro, o secretario de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde (SGEP), Odorico Monteiro, que falou da importância da participação dos delegados nos debates e na defesa das questões relacionadas ao que deve ser executado nos estados e municípios. “Este evento apresenta aspectos muito relevantes como a disposição política e a articulação entre os três entes de gestão do SUS e a consolidação da aliança destes com os usuários do SUS”.

Duas moções – uma que diz respeito ao repúdio à corrupção na saúde e outra a respeito do financiamento do SUS – poderão ser assinadas pelos delegados durante a conferência.

As propostas do Conass estão apresentadas na segunda edição da Revista Consensus – lançada na ocasião do evento e distribuída no estande do Conass na 14ª CNS.

 

Da esquerda para direita: Domício Arruda (SES/RN), Odorico Monteiro (SGEP/MS), Antônio Carlos Nardi (Conasems) e Eliane Cruz (CNS)

Foto: Adriane Cruz – Ascom CONASS

<-Voltar