Rio de Janeiro – Secretaria de Saúde investiu R$ 28 milhões para modernização dos hospitais do interior

Repasses feitos entre 2007 a 2013 possibilitaram criação de novos serviços e melhoria no atendimento

A modernização dos serviços de saúde, que é considerado por muitos como um dos principais desafios do SUS, tem sido uma das principais metas do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Uma preocupação que se reverte em números. Entre 2007 e 2013, o Governo investiu R$ 28,8 milhões para equipar e modernizar as unidades de saúde dos 92 municípios do estado. Os recursos, repassados através da Secretaria de Estado de Saúde, foram destinados a 105 unidades, entre hospitais, clínicas e postos de saúde.

Na lista de itens doados, há aparelhos de grande porte, como mamógrafos, tomógrafos e máquinas de raios-x. A maior parte dos recursos foi investido na aquisição de equipamentos básicos para o atendimento em emergências, como desfibrilador manual semiautomático (80), eletrocardiógrafo (10), monitor multiparâmetro (23) e respirador eletrônico (120). Só de camas hidráulicas foram distribuídas 743.

Ao longo dos últimos seis anos, a Baixada Fluminense e a Região Norte do estado – que juntas somam 4 milhões de habitantes (Censo 2010) – receberam os maiores aportes para modernização da rede e inauguração de novos serviços. Foram investidos R$ 4,8 milhões em equipamentos para cada região.

O objetivo desse tipo de investimento na modernização dos equipamentos de emergências e demais áreas dos hospitais é melhorar a qualidade e a oferta de serviços de saúde de baixa e média complexidade nos municípios.

“Os números são muito significativos e reforçam a importância dada pelo Governo do Estado em interiorizar a atenção à saúde. Reestruturando e equipando as unidades, estamos indo ao encontro da população que antes tinha dificuldade de acesso ao serviço público de saúde”, avalia Marcos Musafir, secretário de Estado de Saúde.

Unidades Móveis de Imagem – Criado em 2009 pela Secretaria de Estado de Saúde, o projeto das Unidades Móveis de Imagem é o primeiro do país a percorrer os municípios levando possibilidade de tratamento aos usuários do SUS. Atualmente, o serviço itinerante de diagnóstico por imagem conta com aparelhos de Tomógrafo, Ressonância Magnética e Mamógrafo. Juntos, os equipamentos já beneficiaram mais de 70 mil pacientes no estado, realizando mais de 120 mil exames desde sua inauguração. O objetivo do projeto é atender regiões em que não há esse tipo de exame na rede pública de saúde ou que o serviço já existente não seja capaz de suprir a demanda.


Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Saúde
(21) 2333-3717 / 2333-4029 / 2332-9221
Twitter: @SaudeGovRJ
www.saude.rj.gov.br

<-Voltar