Rio Grande do Norte – Atividades no Hemonorte marcam o Dia Nacional do Doador de Sangue

Nesta segunda-feira (25) se comemora o Dia Nacional do Doador de Sangue. Para lembrar a data, o Hemocentro Dalton Barbosa Cunha – Hemonorte, em Natal, preparou uma programação toda especial para homenagear e agradecer aos doadores. A abertura oficial do evento aconteceu na manhã desta segunda-feira com as presenças do secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Fonseca, do secretário adjunto da Pasta, Marcelo Bessa, da diretora geral do Hemonorte, Linete Rocha, funcionários do órgão e doadores.

Na oportunidade o secretário Luiz Roberto Fonseca falou da importância da ação voluntária de doação de sangue, que é um ato de amor e respeito à vida, ao próximo. “A data de hoje é um ótimo momento para demonstrar à população os inúmeros benefícios da doação de sangue, além de agradecer aos doadores, demonstrando quantas vidas são salvas graças a solidariedade da população norte-riograndese”, enfatiza.

A diretora geral do Hemonorte, Linete Rocha, agradeceu o empenho dos funcionários e doadores, contribuindo para salvar a vida de inúmeras pessoas. No entanto, ela ressaltou que o índice de doação de sangue no Rio Grande do Norte ainda está abaixo do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). “Nós estamos com um índice de 1.5% da população do Estado que doa sangue regularmente, quando o ideal seria de 2% de acordo com o que preconiza a OMS”, destaca.

Na programação houve apresentação do Coral “Infância do Amor Divino”, do Colégio Nossa Senhora das Neves, várias homenagem aos doadores de sangue, apresentação do Ballet do Studio Corpo de Baile e sorteio de camisas oficiais dos Clubes de futebol ABC, América e Alecrim. O evento contou ainda com a participação do DJ Mário Souza.

Para se candidatar à doação é necessário ter idade entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50 kg e portar um documento de identificação com foto.  Para os menores de 18 anos, é necessária autorização formal dos pais ou responsável, além do documento de identificação oficial.

O Ministério da Saúde através da portaria nº 2.712, de 12/11/2013,  ampliou a idade máxima de 67 para 69 anos para doação de sangue, o que deve elevar em dois milhões o número de coletas em todo País.


Assessoria de Comunicação – ASCOM
Redação ASCOM (84)- 3232-2618/3232-2630/8137-2493
Site:www.saude.rn.gov.br
Twitter: www.twitter.com/SesapRN

<-Voltar