Roraima – Teste rápido de sífilis e HIV

Em agosto, a mesma capacitação será direcionada aos profissionais de saúde dos municípios de São Luiz, Mucajaí, Alto Alegre e Normandia


Os profissionais de saúde que atuam nas áreas indígenas do DSEI Leste (Distrito Sanitário Especial Indígena de Roraima) passarão por treinamento para teste rápido de HIV, sífilis e hepatites B e C. A ideia é qualificar 30 enfermeiros. O curso será ministrado em Boa Vista, na próxima quarta-feira (31), na Escola Técnica de Saúde do SUS (ETSUS). A partir das 8h.

 

Serão três dias de evento. As aulas serão ministradas durante todo o dia. De acordo com a técnica do Núcleo de DST/HIV/Aids, Neusa Nascimento, esses profissionais atuam em locais de difícil acesso, onde não há laboratórios. As testagens rápidas não necessitam de laboratórios com grandes estruturas. O DSEI Leste de Roraima fica localizado na região leste e norte de Roraima, fazendo fronteira com a Venezuela e a Guiana. Neste distrito, conforme o Ministério, a população é de 40.611 índios, com predominância da etnia Macuxi.

 

A capacitação terá os enfermeiros como principal público alvo. Entretanto, outros profissionais poderão participar, como farmacêuticos, bioquímicos, psicólogos, assistentes sociais, entre outros profissionais que atuam na área de saúde. Neusa destaca que esses exames serão disponibilizados para a população indígena em geral. “Eles também compõem o componente do pré-natal”, ressalta.

 

Haverá aulas teóricas e práticas. No primeiro dia, serão ministradas aulas sobre acolhimento e aconselhamento ao paciente, além de assuntos relacionados a vulnerabilidades associadas ao HIV/Aids/hepatites virais e outras DSTs. O segundo dia será para as aulas de teorias sobre testagem de HIV, sífilis e hepatites. Os exames fazem parte do pré-natal. O último dia de evento será apenas para aulas práticas.

 

O Ministério da Saúde (MS) recomenda que pelo menos uma pessoa de nível superior seja responsável por executar os testes na Unidade Básica de Saúde (UBS).

 

No próximo mês, a mesma capacitação será direcionada aos profissionais de saúde dos municípios de São Luiz, Mucajaí, Alto Alegre e Normandia. Segundo Neusa, a previsão é que até setembro, os profissionais do Amajari recebam o treinamento. A ideia é melhorar os serviços prestados à população.

 

Rebeca Alencar/Sesau

 

ASCOM SESAU

(95) 2121-0507

www.saude.rr.gov.br

<-Voltar