Saúde anuncia investimento para combate ao câncer

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou na manhã de hoje investimento de R$ 505 milhões em radioterapia. Os recursos fazem parte de um conjunto de ações do ministério para o combate ao câncer, que inclui compra de equipamentos e investimento na produção nacional de medicamento para leucemia mielóide crônica. O anúncio foi feito durante o Encontro com a Comunidade Científica 2012, que iniciou na última segunda-feira (16).

“Vamos passar a produzir mais medicamentos no país, economizando R$ 70 milhões para a Saúde. O ministério vai organizar compra de equipamentos para radioterapia e construção de salas adaptadas para eles. Essa ação permitirá que nós tenhamos, um dia, uma fábrica no país de equipamentos para combate ao câncer. Com essas ações, pretendemos aumentar o acesso à radioterapia no país, principalmente nas regiões Norte e Nordeste”, detalhou o ministro.

Segundo Padilha, o Ministério da Saúde vai adquirir 80 aceleradores nucleares para radioterapia no período de cinco anos. A produção nacional só será possível com a futura instalação de uma fábrica de equipamentos de radioterapia no Brasil, negociada entre o governo brasileiro e uma empresa produtora, e programada para iniciar em 2013. A previsão é que a fábrica esteja em atividade em 2015.

Além disso, foram firmadas parcerias de transferência de tecnologia com sete laboratórios públicos e particulares para produção de medicamentos contra leucemia mielóide crônica. “A produção desse medicamento vai beneficiar mais de sete mil portadores da doença; seis mil deles tratados no SUS. Com a produção nacional do medicamento por laboratórios brasileiros, o SUS se verá menos dependente de importações, podendo, desta forma, oferecer um tratamento mais estável ao usuário”, disse o ministro.

Também foi anunciado no evento o lançamento oficial do Programa de Investimento no Complexo Industrial da Saúde (Procis), que prevê medidas voltadas ao fortalecimento da indústria de medicamentos, insumos e equipamentos.

* Saúde vai investir R$ 500 milhões em radioterapia

Foto: Luís Oliveira / Ascom-MS

Mônica Plaza / Blog da Saúde

<-Voltar