Saúde e CONASS realizam 4ª oficina para qualificação da Atenção Primária em Saúde

aps-goiasA Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) avança no propósito de qualificar os profissionais de saúde lotados em todos os municípios goianos, para melhorar o acesso e a assistência prestada à população pelos serviços de Atenção Primária a Saúde. Nos dias 17 e 18 de agosto, a SES-GO, em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), realiza, no Hotel Kananxuê, a 4ª Oficina do “Programa Mais Saúde para Goiás”. Neste evento, servidores do nível central da SES-GO serão atualizados sobre o tema “Vigilância em Saúde” para, posteriormente, repassar o conhecimento aos técnicos dos municípios.

A solenidade de abertura da 4ª Oficina do “Programa Mais Saúde para Goiás” terá as presenças de representantes das Secretarias de Estado da Saúde e de Gestão e Planejamento. Lançado, em novembro do ano passado, tal programa visa ampliar e melhorar de forma significativa a assistência à saúde no nível primário e, desta forma, prevenir a ocorrência de doenças e agravos e diminuir a quantidade de encaminhamentos para os serviços de saúde de média e de alta complexidade.

“Sabemos que oitenta por cento dos agravos de saúde podem ser evitados na atenção básica à saúde, o que significa prevenção de doenças e economia de recursos públicos”, avalia o secretário da SES-GO, Leonardo Vilela.

Oficinas

Por meio do “Mais Saúde para Goiás”, todos os profissionais de saúde que atuam no território goiano serão qualificados, com a utilização de uma metodologia fundamentada na multiplicação de conhecimentos. A superintendente de Atenção Integral à Saúde Evanilde Fernandes Costa Gomides explica que o programa funciona como uma espécie de corrente, dividida em três diferentes momentos. Inicialmente, os membros do Conass capacitam os técnicos do nível central. Estes, por sua vez, transmitem o conteúdo apreendido aos representantes das Regionais de Saúde e dos municípios. Na terceira e última fase, tais profissionais capacitam os servidores em todos os municípios.

O programa “Mais Saúde para Goiás” é composto por um conjunto de oficinas sobre diferentes temas. Evanilde Fernandes explica que cada uma dessas oficinas só será oficialmente encerrada, ao fim do terceiro momento, quando todos os profissionais dos municípios tiverem sido capacitados.

Atualmente, três oficinas estão sendo realizadas, duas das quais em fase de conclusão. A primeira, sobre Rede de Atenção em Saúde, já foi realizada em 241 municípios goianos e atualizou 13.212 profissionais. A segunda oficina, sobre Atenção Primária em Saúde, foi ministrada em 200 municípios, com a qualificação de 10.466 servidores. Já o terceiro processo, sobre o tema “Territorialização”, terá o segundo momento realizado, ainda neste mês.

Mais Saúde para Goiás

A ideia de qualificar todos os profissionais de saúde, com o propósito de ampliar e melhorar o atendimento básico à Atenção Primária em Saúde foi lançada pelo Conselho Nacional de Saúde (Conass), no ano passado, para ser efetivado em todo o País. O programa, batizado pelo Conass de Planificação da Atenção Primária, recebeu no Estado a denominação “Mais Saúde para Goiás”.

O Conass, com sede em Brasília, é a estância colegiada que discute em nível nacional as questões relativas ao acesso à saúde pública dos brasileiros em todos os municípios do País. O objetivo da planificação é levar a todos os profissionais de saúde da atenção primária um trabalho com nova roupagem que transformará cada processo de trabalho, desde a inscrição do paciente na unidade de saúde até o procedimento técnico para sua assistência e tratamento.

Tome Nota

EVENTO – 4ª Oficina do Programa Mais Saúde para Goiás
TEMA –Vigilância em Saúde
DATA – 17 e 18 de agosto
LOCAL – Kananxuê Hotel
HORÁRIO – 8 Horas

– See more at: http://www.saude.go.gov.br/view/4813/saude-e-conass-realizam-4-ordf-oficina-para-qualificacao-da-atencao-primaria-em-saude#sthash.y2L6Bt6j.dpuf

<-Voltar