Saúde inaugura Caps em Fortaleza

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, inaugurou, neste domingo (16), o Centro de Referência e Prevenção ao Crack e Outras Drogas e mais um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas (Caps AD) 24 horas, localizados na Avenida Duque de Caxias, no Centro de Fortaleza.

Padilha conheceu as instalações dos equipamentos e disse que a obra é mais um ato que marca o compromisso da atual gestão municipal com a saúde. O ministro ainda conheceu os pacientes que ocupam os dez leitos do Caps AD. O ministro destacou que cerca de R$ 70 milhões serão investidos em ações contra o crack, na capital cearense, até 2014.

Nos Caps, os pacientes são assistidos em regime de atenção diária, com atendimentos individuais, grupais e oficinais terapêuticas. A equipe é formada por enfermeiro, técnico de enfermagem, assistente social, terapeuta ocupacional, psiquiatra, psicólogo e artista. Já o Centro de Referência realiza ações planejadas junto à comunidade, organizações governamentais e não governamentais. Promove várias atividades e também conta com uma equipe multidisciplinar.

Hospital da Mulher – “Esse é o padrão de hospital que as pessoas querem e que as pessoas precisam”. A frase, proferida pela presidenta Dilma Rousseff, deu o tom da visita presidencial ao Hospital da Mulher na tarde desse domingo (16), quatro meses após a inauguração oficial do equipamento. A presidente destacou que o local, voltado para o sexo feminino, é um lugar de proteção da vida de mães e filhos. “Temos que proteger a mulher, a mãe e a criança; fazer pré-natal”, destacou antes de seguir pelos corredores do Hospital.

Na visita, Dilma conheceu o laboratório de imagens, a UTI neonatal de alto e médio risco, a UTI para adultos, a enfermaria para idosos e o alojamento de pré e pós parto da Rede Cegonha. Acompanhando a presidenta, estavam o ministro da Saúde Alexandre Padilha e o secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro; além de outras autoridades locais.

A presidenta ratificou ainda verba mensal de R$ 2,1 milhões que a Prefeitura Municipal de Fortaleza receberá do Governo Federal para a manutenção do Hospital da Mulher. Além do montante mensal, o Ministério da Saúde anunciou que enviará, ainda neste mês, R$ 10,5 milhões para cobrir as despesas com a manutenção do Hospital nos primeiros meses de funcionamento, de agosto a dezembro de 2012.

Fonte: Diário do Nordeste

Foto; Erasmo Salomão – Ascom/MS

<-Voltar