Secretário de Saúde ouvirá proposta de parceria da Sociedade Brasileira de Diabetes

O presidente da SBD vai apresentar aos gestores de saúde em Roraima uma proposta de cooperação técnico-científica

ascom/Sesau

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) participa de encontro, na manhã desta sexta-feira (15), com o presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), Balduíno Tschiedel. Durante o evento, o presidente da SBD vai apresentar aos gestores de saúde em Roraima uma proposta de cooperação técnico-científica. O encontro será na plenária do Conselho Regional de Medicina (CRM – RR), às 9h.

O secretário adjunto da Sesau Miguel Ângelo D’Elia, o secretário Municipal de Saúde de Boa Vista, Marcelo Lopes e o presidente do CRM – RR, Wirlande Luz, participaram do encontro. Conforme a assessoria de comunicação da SBD, a ideia é propor convênio de parceria com o Estado, por meio do projeto “SBD vai ao gestor”. A SBD levará a proposta a todos os estados brasileiros.

Entre os principais objetivos do projeto estão os desenvolvimentos de atividades conjuntas de formação de recursos humanos, educação permanente, aprimoramento profissional e cooperação científica e tecnológica para a realização de ações voltadas à atenção aos diabetes.
Para isso, o Presidente da SBD virá colher informações sobre a distribuição de medicamentos, insulinas, seringas para os pacientes. Além de conhecer as principais dificuldades e, assim, verificar as prioridades no atendimento aos pacientes com a doença.

DIABETE

Em Roraima, uma das principais preocupações dos especialistas é com a incidência da doença entre os jovens. A alimentação é um dos principais fatores que contribuem para o desenvolvimento da diabete. Devido à comodidade e pressa, a pessoas acabam consumido muita comida industrializada.

A doença é caracterizada pela insuficiência ou falta de insulina, que é um hormônio responsável pela redução de glicose no sangue. As gestantes podem desenvolver diabetes durante a gravidez. A mulher fica com uma quantidade maior que a normal de açúcar no sangue.

As principais características da doença são problemas com a visão, sensação de muita fome, fadiga e urinar muitas vezes ao dia. Para os casos confirmados, Estado e município fornecem os medicamentos necessários para o tratamento da doença. Praticar exercícios físicos e manter uma alimentação saudável faz bem para o tratamento e prevenção da doença.

Entrevista com Balduíno Tschiedel (11) 98967-5985
Ascom/SBD (21) 2521-3249
(95) 2121 0507

<-Voltar