SES e Conass articulam fortalecimento da Funesa como Escola Estadual de Saúde Pública

Fotos: Flávia Pacheco/SES

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu, na manhã desta segunda-feira, 14, no Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha, o coordenador da Câmara Técnica da Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Haroldo Jorge de Carvalho Pontes, para articular o fortalecimento da Fundação Estadual de Saúde (Funesa) como Escola Estadual de Saúde Pública.

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) é uma entidade de apoio às Secretarias Estaduais e de articulação das Secretarias com o Ministério da Saúde (MS). No Conass, Haroldo acompanha e coordena a pauta nacional de gestão de trabalho, de gestão de educação, do controle social e da política de saúde indígena.

“Na área de gestão da educação, há quase dois anos nós iniciamos um processo de discussão nacional sobre a política nacional de educação permanente, construímos um conjunto de seminários e já concluímos esse trabalho. Durante esse processo nós também iniciamos um apoio às Secretarias Estaduais de elaboração dos seus planos estaduais de educação permanente e esse seminário que começa amanhã aqui no estado, conclui esse trabalho de elaboração e planejamento, envolvendo todas as áreas, a partir de um planejamento que o Estado já tem”, comentou Haroldo.

Nesta terça e quarta-feira, 15 e 16, no auditório do SergipeTec, será realizado o Seminário Estadual de Educação Permanente, voltado para gestores e trabalhadores dos 75 municípios sergipanos, bem como o controle social, com o objetivo de propor e elaborar estratégias para a implementação do Plano Estadual de Educação Permanente em Saúde.

A Funesa, órgão da Secretaria de Estado da Saúde, na área de educação permanente desenvolve cursos, seminários e oficinas no âmbito da saúde pública. “Estou, hoje, fazendo uma visita à Fundação e conversando com Lavínia para, ainda neste ano, desenvolvermos um processo, via Conass, de apoio, ampliação e fortalecimento das Escolas Estaduais de Saúde Pública. No caso da Funesa, aqui de Sergipe, de fortalecimento, porque ela já desenvolve esse papel”, concluiu Haroldo.“Haroldo veio para participar dessa agenda e chegou antes porque tem outra agenda importante do Conass que é das Escolas de Saúde Pública, e nesse contexto, a Funesa que é nossa Escola de Saúde Pública, também está compondo essa agenda. Ele conhecerá de perto a Funesa para estreitarmos essa relação. Agora a tarde vai conhecer a estrutura física e técnica da Fundação e, ao mesmo tempo, vai fazer a discussão da agenda do seminário de educação permanente que será nesses dois dias”, disse a diretora-presidente da Funesa, Lavínia Aragão.

Fonte: Funesa

<-Voltar