SES orienta a rede privada sobre coronavírus

A Secretaria de Estado de Saúde se reuniu nesta quarta-feira (5) com representantes da Rede D’Or, Rede Amil, Rede Casa, Unimed e Assim/Memorial. O objetivo do encontro foi apresentar às instituições privadas de saúde o plano de contingência do novo coronavírus desenvolvido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro.

“Esta reunião mostra que o Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde, está atenta a todas as possibilidades para evitar que o coronavírus se alastre pelo território fluminense, caso ele comece a circular por aqui”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos.

“Essa parceria que estreitamos hoje aqui não é pontual para o coronavírus. Tenho certeza que renderá frutos para outras questões, como sarampo e arboviroses. Temos que deixar de lado o pensamento que divide a saúde pública da privada para começarmos a trabalhar integradamente pelo bem estar de toda a população”, destacou o subsecretário-geral de Saúde, Roberto Pozzan, presente na reunião.

Além do detalhamento de cada nível de ativação do plano de enfrentamento do coronavírus no estado, as principais lideranças da rede particular também foram orientadas quanto à logística e procedimentos de notificação de possíveis casos, coleta de amostras para exames e manejo dos pacientes, bem como foram reforçadas as etapas de confirmação e descarte de casos, tendo como referência o Laboratório Central do Estado (Lacen).

“Estarmos estabelecendo um diálogo direto que dificilmente é visto, mas importantíssimo para a saúde pública do Estado do Rio de Janeiro. Com a colaboração e parceria de todos, facilitaremos o sistema de notificação e análise dos casos, tornando todo esse processo mais ágil para que medidas de contingenciamento sejam tomadas”, destacou a subsecretária de Vigilância em Saúde, Cláudia Mello.

Fonte: Ascom SES/RJ

<-Voltar