SES/AM – Dia de combate ao Aedes aegypti mobiliza efetivo de 18,8 mil militares e servidores, no Amazonas

O governador José Melo e o secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, participam neste sábado (13), às 8h30, na Vila Olímpica, da abertura do Dia Nacional de Mobilização para o Combate ao Aedes aegypti, mosquito que transmite Dengue, febre Chikungunya e Zika vírus. No estado, a ação vai contar com a participação de aproximadamente 7,6 mil militares das Forças Armadas e 11,2 mil trabalhadores da saúde e de áreas afins, além de equipes voluntárias. O titular da Secretaria de Governo da Presidência da República, Ricardo Berzoini, virá a Manaus participar das atividades, representando o Governo Federal.

O secretário Pedro Elias destacou a importância da ação, que pretende, principalmente, conscientizar e orientar a população sobre o combate ao mosquito que, hoje, representa um risco triplo à saúde das pessoas. ?O sucesso desse trabalho depende enormemente do engajamento da população nas ações preventivas. Precisamos redobrar a atenção em relação aos possíveis focos do mosquito, seja no ambiente doméstico, no trabalho, nas escolas, enfim, onde possa haver situações que contribuam para a proliferação do vetor do vírus que causa a dengue, chinkungunya e, nossa maior preocupação no momento, a febre Zika?, disse Pedro Elias. Para o secretário, a forma mais eficiente de prevenir as doenças transmitidas pelo Aedes seria a adoção de vacinas, mas como os estudos nesse sentido ainda estão em andamento, resta combater o vetor, frisou ele.

Em Manaus, as ações organizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) têm a meta de inspecionar 72.813 imóveis, em 43 bairros, distribuídos por todas as zonas da cidade. No interior, a estimativa é que sejam visitados 26.940 domicílios, nos municípios infestados pelo Aedes. Assim como na capital, as ações do dia de mobilização estão sendo executadas pelas secretarias municipais, com o apoio da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), que é vinculada à Secretaria Estadual de Saúde (Susam).

Na última quinta-feira (11), o diretor-presidente da FVS, Bernardino Albuquerque conduziu, a partir do Centro de Mídias da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), em Manaus, uma videoconferência com os secretários de saúde, prefeitos e gestores de unidades de saúde do interior, para alinhar os preparativos para as atividades deste sábado. Representantes de 56 municípios participaram da videoconferência e puderam receber os indicadores atualizados sobre a dengue, chikungunya e a febre zika, além de tirar suas dúvidas sobre os procedimentos do Dia de Mobilização.

De acordo com Bernardino, somente no interior, 7,2 mil profissionais das secretarias municipais de saúde e de outras áreas afins, estarão envolvidos na atividade. Em nove municípios, assim como na capital, as ações também terão o reforço dos militares das Forças Armadas, num efetivo aproximado de 1,5 mil homens e mulheres. ?Os municípios já receberam todo o material informativo para ser utilizado no Dia de Mobilização. Eles se organizaram para executar visitas casa a casa, blitze educativas em locais públicos, palestras, limpeza urbana, divulgação de informações em carros de som, entre outras atividades voltadas para sensibilizar a população sobre a importância da identificação e eliminação dos criadouros dos mosquitos Aedes aegypti?, disse o diretor da FVS.

Bernardino Albuquerque explica que as ações terão maior ênfase nos 38 municípios que registram infestação do Aedes aegypti, mas que o Governo do Estado orientou que as ações do Dia de Mobilização sejam executadas por todas as secretarias municipais.

Na capital ? Em Manaus, a ação está sendo organizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e executada com o apoio do Exército, Marinha e Aeronáutica. Serão 11,2 mil pessoas, entre militares e servidores públicos, atuando no sábado de mobilização. Além das visitas domiciliares para identificação e eliminação dos focos de Aedes aegypti, haverá atividades de orientação e distribuição de material informativo em oito pontos estratégicos da cidade.

De acordo com a subsecretária municipal de Gestão da Saúde, Lubélia Sá Freire, essa atividade de rua acontecerá nos seguintes pontos: zona Leste, no cruzamento da rua do Fuxico com Grande Circular e na avenida Pirarucu, em frente à Unidade Básica de Saúde Gebes Medeiros, no Jorge Teixeira III. Na zona Norte, a concentração das equipes será no semáforo em frente ao Shopping Samaúma, na Cidade Nova e no semáforo próximo à Unidade Básica de Saúde Arthur Virgílio, no Novo Aleixo. Na zona Sul, os locais escolhidos foram a Bola do Eldorado, no Parque Dez e em frente à igreja Nossa Senhora de Fátima, na avenida Tarumã, Praça 14. Na zona Oeste, a ação acontecerá no semáforo localizada na área do conjunto Campos Elíseos (estrada dos Franceses, próximo ao clube do Sesc) e no minishopping próximo à Feira da Compensa.

No país ? O governo federal estima que, em todo o País, o Dia Nacional de Mobilização para o Combate ao Aedes aegyti alcance três milhões de famílias, que deverão ser visitadas em suas casas, em 350 municípios.  A presidente Dilma Roussef determinou inclusive o deslocamento de ministros e técnicos do Governo a vários estados a fim de participar ativamente da mobilização. Para Manaus, foi destacado o titular da Secretaria de Governo da Presidência da República, Ricardo Berzoini.

Indicadores ? No ano passado, segundo indicadores da Fundação de Vigilância em Saúde, o Amazonas registros 7.835 casos de dengue, com redução de 30,6% em relação ao ano anterior, quando foram notificados 11.300 casos da doença. Em relação ao Chikungunya, 2015 fechou com a notificação de 170 casos da doença. O balanço sobre o Zika vírus, por sua vez, mostram 380 notificações feitas, neste ano, no Estado, sendo 25 confirmados, 7 deles em gestantes.

SERVIÇO: Abertura do Dia Nacional de Mobilização para o Combate ao Aedes aegypti

Data: 13/02/2016

Horário: 8h30

Local: Vila Olímpica (na área do Hall Aquático) ? av. Pedro Teixeira, 400 ? Dom Pedro

_________________________________________
Secretaria de Estado de Saúde ? SUSAM
Assessoria de Comunicação

(3651-7126 / 9116-3591 / 9116-1702 – 3643-6327 / 9995-1310)

<-Voltar