SES/AP – Governador Waldez diz que união de forças é fundamental no combate ao Aedes

Engajado na luta contra o vetor transmissor da dengue, chikungunya, febre amarela e Zika Vírus, o Governo do Estado do Amapá (GEA) juntou força com o Exército Brasileiro neste sábado, 13, na Campanha Nacional de Mobilização para o combate ao Aedes aegypti.

Logo no início da manhã aconteceu no quartel do 34º Batalhão de Infantaria de Selva (34º BIS) a abertura oficial da campanha, tendo a presença do governador Waldez Góes, do comandante do 34º BIS, Tenente Coronel Robson Mattos, do prefeito Clécio Luís, além do presidente da Infraero Gustavo do Vale, que na solenidade representava o governo federal, entre outras autoridades civis e militares.

Em suas palavras, o governador Waldez Góes lembrou que o Estado lançou no dia 18 de janeiro o plano de Ações Integradas Contra o Mosquito Aedes aegypti direcionado a todos os 16 municípios do Amapá. Ele ressaltou que, com a força de mobilização que hoje se une ao Exército, será possível atingir a meta de visitar todas as residências do Amapá em 180 dias. “Hoje a nossa bandeira é de combate ao Aedes aegypti. A força do Exército faz uma diferença muito grande. Quando juntamos as forças armadas à força do governo, das prefeituras e da sociedade, teremos sim uma campanha de enfrentamento altamente positiva”, destacou.

O governador destacou que para a ação deste sábado, 13, foram destacados 600 servidores estaduais entre civis e militares e que o reforço também virá posteriormente de todas as escolas estaduais, municipais e universidades.

No Amapá, o planejamento e a coordenação da ação promovida pelo Governo foram de responsabilidade do 34º BIS e contou com apoio do GEA, Ministério Público, Justiça Federal e prefeituras dos quatro municípios envolvidos: Macapá, Santana, Laranjal do Jari e Oiapoque.

Para o tenente coronel Robson Mattos, este é um momento de unir força em prol da conscientização da sociedade. “Estamos travando uma grande batalha de combate ao Aedes aegypti e o instrumento que a nação tem somos nós. É um sentimento de segurança e de defesa. Nesta etapa precisamos conscientizar a sociedade, pois as pessoas são os principais agentes no combate ao mosquito”, enfatizou.

As prefeituras também são parceiras e apoiam a ação. Para o prefeito da capital, Clécio Luís, o momento é favorável. “Temos condições favoráveis de vencer esta guerra”, destacou.

Neste dia de mobilização, o Governo Federal destacou ministros e autoridades federais a vários estados para participar ativamente das ações. Para o Amapá veio o presidente nacional da Infraero, Gustavo do Vale. “A Infraero esta presente no país inteiro e tem trabalhado diretamente junto às comunidades no entorno dos aeroportos, que na maioria das vezes são carentes. Além disso, temos uma grande oportunidade de levar a mensagem de combate ao Aedes para os 120 milhões dos passageiros que passam por nossos aeroportos anualmente”, ressaltou.

Após a abertura, o governador Waldez Góes e comitiva se deslocaram até o bairro Central. Em seguida, foi até o município de Santana onde acompanhou de perto os trabalhos de mobilização no município.

As ações acontecem até às 17 horas nos quatro municípios envolvidos: Macapá, Santana, Laranjal do Jari e Oiapoque. Em Macapá, as ações estão concentradas no centro e nos bairros Zerão, Universidade, Jardim Marco Zero, Novo Horizonte, Residencial Macapaba e Marabaixo.

Fonte: Secom AC

<-Voltar