SES/RN – Sesap apoia municípios em ação de combate ao Aedes aegypti

Ação de combate à dengue, chikungunya e zika-microcefalia será realizada em Caraúbas, de 20 a 26 de março, com a participação de 12 municípios

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) está apoiando os municípios do Rio Grande do Norte na realização de ações de controle e combate à dengue, chikungunya e zika-microcefalia, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Nos últimos dias, a Sesap deu apoio a ações nos municípios de Ceará-Mirim, João Câmara, Barra de Maxaranguape, Santa Cruz, Japi e São Paulo do Potengi. Hoje à tarde foi a vez do município de Caraúbas, da região Oeste, pedir o apoio da Sesap para atividades de prevenção e controle da dengue nessa região, no período de 20 a 26 de março, envolvendo um total de 12 municípios ligados à II Diretoria Regional de Saúde.

O secretário municipal de Saúde, Onaldo Santos, foi recebido pela equipe da subcoordenadora de Informação, Educação e Comunicação (SIEC), composta de Eufrásia Ribeiro, Sônia Fernandes e Léa Patrícia. A Sesap dará apoio ao município em ações de educação, comunicação e saúde, com foco no combate ao mosquito e prevenção das doenças, como distribuição de material educativo, apresentação de vídeos, palestras, além de apresentação de grupo teatral. A programação do município ainda constará de uma audiência pública pela Câmara Municipal, envolvendo os diversos representantes da sociedade e dos 12 municípios da região.

Caraúbas registrou três casos de microcefalia e 385 notificações de dengue no último trimestre do ano passado.  Na opinião de Onaldo Santos, esse será o pontapé inicial para o lançamento de uma grande campanha regional, diante dessa situação de alerta em que todos os municípios se encontram. “O município ainda deverá contar, para realização do evento, com o apoio do Ministério Público, Igrejas católicas e evangélicas, Maçonaria, Clubes de Diretores Lojistas, escoteiros e a sociedade em geral”, disse ele.

Falando sobre a necessidade de ações contínuas e integradas entre Estado, municípios e sociedade, a subcoordenadora da SIEC, Eufrásia Ribeiro, disse que o engajamento dos gestores com a Sesap repercutirá diretamente na diminuição dos índices de infestação do mosquito e das doenças nos municípios. “Infelizmente, sempre se delegou ao gestor de saúde a responsabilidade pelo combate ao Aedes. Hoje, isso está mudando e a sociedade está vendo como um problema de saúde pública, trazendo o engajamento dos diversos segmentos sociais”, concluiu.

Fonte —
Assessoria de Comunicação – ASCOM
Redação ASCOM (84)- 3232-2618/3232-2630/98135-0598
Site:www.saude.rn.gov.br
Twitter: www.twitter.com/SesapRN

<-Voltar