Tocantins é o segundo estado brasileiro a implantar Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde

Jesuino Santana Jr / Governo do Tocantins

 

foto-lia-mara-4-jpgO Tocantins ganhou nesta segunda-feira, 20, um espaço destinado a centralizar informações coletadas de todos os segmentos da saúde para que sejam tratadas, analisadas, disponibilizadas e sirvam de subsídio para que técnicos possam coordenar, com mais precisão, as ações do Sistema Único de Saúde (SUS) no Tocantins.

O Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde – Integra Saúde Tocantins foi totalmente financiado pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), que viabilizou toda infraestrutura e também fará uso do local. “O Tocantins é o segundo estado do País que implanta um centro como esse. Conseguimos isso fazendo gestão junto ao Ministério da Saúde e a Opas. O Integra Saúde Tocantins vai dar um salto na qualidade e confiabilidade dos serviços e ações que desenvolvemos”, disse o secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir.

Durante a inauguração da sala, instalada no prédio da Secretaria da Saúde, o governador Marcelo Miranda destacou que o Tocantins dará um importante passo para minimizar os gargalos da área com informações mais precisas. “Com o Centro será possível fazer uma gestão eficiente. Com informações seguras, as decisões serão mais racionais, efetivas e eficazes na promoção, proteção, atenção humanizada, prevenção de doenças e recuperação da saúde da população tocantinense”, destacou.

 

Entenda

A coordenadora do Integra Saúde, enfermeira epidemiologista Erlaene Tedesco, explicou como, de fato, a sala funcionará. “O centro será abastecido com informações em tempo real dos 139 municípios e dos 18 hospitais públicos do Estado, além de dados financeiros e de Recursos Humanos da Saúde. O número de leitos hospitalares, por exemplo, será atualizado em tempo real, então será possível saber onde existe um leito disponível para encaminhar o paciente para a internação. Isso evitará filas e dará mais celeridade ao atendimento”, disse.

Outro exemplo dado pela coordenadora foi referente ao trabalho de parceria que será feito com os municípios. “Quando entra um dado no sistema de notificações nós conseguiremos identificar de onde ele veio e traçar uma linha de tendência da doença para aquele município. Neste caso, a Secretaria da Saúde, com sua equipe de técnicos, discutirá com o município e enviará servidores para auxiliar o aquela cidade nos protocolos que devem ser seguidos para eliminar ou amenizar a propagação da doença. Se o município tiver condições para fazer as ações, nós iremos estabelecer as ações prioritárias para execução. Com isso, será possível fazer o controle da doença e, principalmente, evitar óbitos”, exemplificou.

Antes do Integra Saúde, os dados eram tabulados de forma mecânica e isso demandava muito tempo, o que dificultava agilizar tomadas de decisões. “Antes a gente perdia muito tempo para consolidar esses dados e às vezes essas informações não eram em tempo real, e com isso demorava mais um pouquinho para a resposta chegar”, assegurou Erlaene Tedesco, garantindo ainda que está em fase de construção um site, que entrará no ar em breve, no qual os municípios poderão lançar todos os dados deles no sistema e ter acesso aos painéis que estão no Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde referentes ao seu município.

A prefeita do município de Guaraí, Lires Teresa Ferneda, disse que o Centro de Informações e Decisões Estratégicas é um grande ganho para a saúde dos municípios. “A pesquisa é o norte da situação da saúde no município. Os dados são um parâmetro para se tomar decisões e implantar novos programas, por isso acredito que vamos dar um grande passo para oferecer uma saúde de mais qualidade para a população”, concluiu.

 

Integra Saúde

A ideia foi inspirada no centro de informações do Estado de Goiás, onde técnicos do Tocantins estiveram coletando informações e trocando experiências para conseguir tornar esse projeto uma realidade no Estado.

O Integra Saúde vai possibilitar ainda a realização de webconferências com os 139 municípios, agilidade nos atendimentos, produção de mapa da saúde, planilha de indicadores georreferenciados e fortalecimento e modernização da gestão por governança.

 

Entrega de carros e ambulâncias

No lançamento do Integra Saúde, nesta segunda-feira, 20, o governador Marcelo Miranda entregou 29 veículos modelo Sandero a municípios, por meio do Projeto de Fortalecimento da Atenção Básica no Estado do Tocantins, que contou com emenda da senadora Kátia Abreu. Marcelo Miranda entregou também 17 ambulâncias oriundas de emenda parlamentar dos deputados estaduais Amélio Cayres, Paulo Mourão e Toinho Andrade.

Secretaria de Estado da Saúde 

Foto: Lia Mara

http://www.saude.to.gov.br

<-Voltar