Trabalho do Canal Saúde no Haiti rende novos frutos

Rede Haitiana de Jornalistas em Saúde, que nasceu de seminário da Cooperação Tripartite Brasil-Cuba-Haiti, é lançada e Canal realiza uma nova oficina em Porto Príncipe

O trabalho do Canal Saúde dentro da Cooperação Tripartite Brasil-Cuba-Haiti rendeu mais um fruto. Foi lançada na primeira semana de setembro, no Haiti, a Rede Haitiana de Jornalistas em Saúde (RHJS). Essa rede teve como primeira semente o Seminário Mídia e Saúde, realizado no Haiti em março de 2012, pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio do Canal, em uma parceria da Cooperação com o Ministério da Saúde e da População (MSPP) haitiano. A Cooperação Tripartite foi convidada a comparecer ao lançamento da rede, no MSPP, pela ministra da Saúde do Haiti, Florence Duperval Guillaume.

O Canal Saúde vem desenvolvendo um trabalho dentro da Cooperação Tripartite realizando oficinas de capacitação em comunicação em saúde, em parceria com a Direção de Promoção da Saúde e Preservação do Meio Ambiente (DPSPE) do Ministério da Saúde do Haiti. Entre 23 e 24 de julho, a emissora organizou, em parceria com o DPSPE e a Sociedade de Animação e Comunicação Social (SAKS), representante da Associação Mundial de Rádios Comunitárias (Amarc) no Haiti, uma oficina na capital Porto Príncipe.

A oficina, a segunda realizada com profissionais do rádio pelo Canal no Haiti, contou com a participação de radialistas e oficiais de comunicação das divisões departamentais e escritórios de unidades comunais, o equivalente aos estados e municípios haitianos. A meta era promover o trabalho em conjunto dos oficiais de comunicação com os radialistas comunitários. A expectativa, ao final do projeto, é ter concluído a produção de 48 programas por cada um dos dez departamentos haitianos, em um total de 480 programas. O objetivo de longo prazo do trabalho é consolidar a parceria entre oficiais de comunicação e radialistas para fortalecer a comunicação em saúde no Haiti. A ideia é que os programas produzidos circulem por todo o país, sendo transmitidos em todos os departamentos de acordo com as demandas.

Durante a missão, que durou de 21 a 30 de julho, o Canal Saúde participou ainda da Conferência de Rádios Comunitárias do Caribe, organizada pela SAKS. A emissora da Fiocruz participou convidada como espectadora e teve a importância de sua participação permanentemente ressaltada nos discursos da Sociedade de Animação e Comunicação Social.

Ao final da missão, os resultados da oficina com os radialistas comunitários e os oficiais de comunicação foram apresentados no curso de epidemiologia ministrado pela Cooperação Tripartite, que é coordenado pela Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp/Fiocruz). O Curso de Especialização de Alto Nível para Técnicos dos dez departamentos do Haiti faz parte de uma outra vertente da cooperação, que trabalha na capacitação de epidemiologistas no país caribenho. A apresentação foi feita ao grupo porque há a expectativa de aproximar as rádios haitianas dos epidemiologistas, em um esforço para integrar os diferentes braços da cooperação.

Entre os próximos passos, estão previstos o início dos programas de rádio, que no momento estão em fase de elaboração dos planos de trabalho; uma oficina de capacitação para o uso de equipamentos audiovisuais que serão doados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para a implantação do Núcleo Central de Produção Audiovisual do MSPP e para a montagem de Unidade Móveis que transportarão conteúdos audiovisuais para todo o país; e o monitoramento da veiculação dos programas de promoção da saúde nas rádios comunitárias haitianas. O trabalho da Canal Saúde é integrado ainda a um curso de Comunicação em Saúde, promovido pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz), que acontece entre 9 e 18 de setembro, voltado para os mesmos oficiais de comunicação que estiveram na oficina promovida pelo Canal.

Mais informações:
Assessoria de Comunicação – Canal Saúde/Fiocruz/Ministério da Saúde
Gabriel Cavalcanti da Fonseca – 21 3194-7743

<-Voltar