VI Congresso de Economia da Saúde da América Latina e do Caribe e XI Encontro Nacional de Economia da Saúde: Saúde, Desenvolvimento e Território

A Associação Brasileira de Economia da Saúde (Abres) irá promover, entre os dias 24 e 26 de setembro, o VI Congresso de Economia da Saúde da América Latina e do Caribe e XI Encontro Nacional de Economia da Saúde: Saúde, Desenvolvimento e Território. Confira nas informações abaixo como participar!

Informações sobre encaminhamento de trabalhos e pôsteres

1 – Prazos
Envio dos resumos: entre 15 de maio e 28 de junho 2014
Divulgação dos resultados:   05 de agosto de 2014
Envio dos textos completos para apresentação oral e pôsteres:   30 de agosto de 2014
Início das inscrições on-line: a partir de 05 de agosto de 2014

2 – Eixos temáticos e Comissão Científica

Direção da Comissão Científica – Camilo Cid (AES_LAC) e Rosa Maria Marques (ABrES)

A. Gestão em Saúde
Experiências e/ou proposições de intervenções relacionadas à gestão pública ou privada em saúde; Políticas públicas de regulação; Regulação de sistemas de atenção à saúde; Regulação de preços, de profissionais, de estabelecimentos; contratualização;  Redes de atenção à saúde; Relações federativas e sistema de saúde; Regionalização do sistema de saúde; Intersetorialidade; Judicialização da saúde; Controle público da gestão em saúde; Promoção da saúde; Política de saúde; Reforma dos serviços de saúde; Sistema Único de Saúde (SUS). 
Comissão Científica: Maria Elizabeth Diniz Barros (ABrES) e Rosa Maria Pinheiro Souza (ENSP Sérgio Arouca)

B. Avaliação econômica em Saúde
Metodologias e estudos para orientar a aplicação de métodos de avaliação; metodologias para apuração de custos ou para análise de custo-efetividade; avaliação e incorporação de tecnologias de saúde (processos, medicamentos, equipamentos, materiais); avaliação de processos, de políticas, programas e ações de saúde.
Comissão Científica: Tatiane Menezes (UFPE) e Francisco de Assis Acurcio (UFMG).

C. Equidade e desigualdades em Saúde
Desigualdades em necessidades e condições de saúde (regionais, raciais, de gênero etc.); Equidade na provisão de ações e serviços de saúde; Desigualdades na distribuição de recursos em saúde (físicos, financeiros, humanos, tecnológicos etc.).
Comissão Científica: Janice Dornelles de Castro (UFRGS) e Sebastião Loureiro (UFBA; Instituto de Saúde Coletiva – Pecs).

D. Estado, mercado e regulação em Saúde
Recursos humanos em saúde; Sistemas de Saúde; Economia e organizações em saúde; Necessidades e demandas de serviços de saúde; Setor de assistência à saúde; Regulação e fiscalização em saúde; Saúde suplementar; Inovação e mudança organizacional; Medicamentos genéricos; Preço de medicamentos; Prescrições de medicamentos; Participação social.
Comissão Científica: Eli Iôla Gurgel Andrade (Abrasco e UFMG) e Maria Alícia Dominguez Ugá (ENSP – Sérgio Arouca / Fiocruz).

E. Financiamento e gasto em Saúde

Gastos com saúde, públicos e/ou privados; análise da alocação de recursos; critérios para alocação de recursos; fontes de financiamento; necessidades de financiamento; desigualdades inter-regionais do gasto com saúde; desigualdades do gasto entre grupos de renda/classes sociais.
Comissão Científica: Áquilas Mendes (PUC- SP e FSP) e Sérgio Francisco Piola (ABrES).


F. Aspectos gerais da Economia em Saúde

Metas da política de saúde; Oferta, demanda e mercado em saúde; Crescimento econômico, Desenvolvimento social e saúde; Determinantes socioeconômicos da saúde; Indicadores econômicos e sociais; Conceitos – chave em economia para análise de saúde e de cuidados de saúde (procedimentos em saúde e análise da tendência epidemiológica); Intersecções entre saúde, qualidade de vida e desenvolvimento; Mudanças demográficas e epidemiológicas; Complexo industrial da saúde; Inovação e tecnologia em saúde; Desenvolvimento científico e tecnológico em saúde; Sistemas de proteção social; Reforma tributária; Macroeconomia da saúde; Efeitos das políticas macroeconômicas sobre a saúde da população.
Comissão Científica: Marcelo Gurgel Carlos da Silva (Instituto do Câncer do Ceará) e Fernando José Pires de Souza (UFC).
No caso dos resumos encaminhados em espanhol, a Comissão Científica será formada por Camilo Cid (presidente da AES_LAC e Rosa Maria Marques (presidente da ABrES), auxiliados por representantes indicados pelas AES do Uruguai, Argentina, Paraguai e Chile.

3 – Orientações para o resumo a ser enviado

O resumo deve ser conciso (máximo de 500 palavras ou 3.000 caracteres), devendo conter: Justificativa, Objetivos, Metodologia, Resultados e Conclusões. Deve ser utilizada fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento simples, papel A4 (297mm altura por 210mm largura) e margens direita, esquerda, superior e inferior de 3 cm. Tanto no título como no nome dos autores somente a primeira letra deve ser feita em caixa alta (exceto para preposição e conectivos, que devem ser escritos em caixa baixa). Será aceito apenas um resumo de trabalho por congressista, como autor principal, podendo haver ainda mais um trabalho em coautoria.
Os resumos podem ser escritos em português ou espanhol.
A versão completa dos trabalhos e dos pôsteres, cujos resumos forem aceitos pela Comissão Cientifica, deverá ser enviada até o dia 30 de agosto de 2014. Somente os trabalhos enviados em versão completa serão considerados para apresentação oral, bem como para a exposição na forma de pôster.
Os trabalhos a serem apresentados na forma oral devem conter resumo, palavras-chave, texto e referências, totalizando no máximo 25 páginas.
A Comissão Organizadora está analisando a possibilidade dos pôsteres serem apresentados na forma eletrônica, de modo que as orientações serão divulgadas posteriormente.

4 – Para onde ser enviado
O endereço da página do Encontro / Congresso será divulgado posteriormente.

Para mais informações acesse o site da Associação: www.http://abresbrasil.org.br/

<-Voltar